Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Guerra das maquininhas chega ao celular; PagSeguro lança banco digital

Arena do Pavini - 15/05/2019 - 14:59
PagSeguro anunciou seu banco digital, com conta e sistema de pagamentos também via celular, sem cartão (Divulgação: Facebook da PagSeguro)

Por Arena do Pavini

Depois da guerra das maquininhas de cartões, com a Rede, do Itaú, oferecendo a antecipação dos valores a receber para os comerciantes, sem juros, movimento copiado pelas demais concorrentes, agora a disputa chega aos pagamentos via celular.

Na segunda-feira, o Itaú lançou o iti, sistema de pagamentos via QR Code via tela do celular sem cartão e conta digital. Hoje, foi a vez da PagSeguro anunciar com uma grande campanha publicitária seu banco digital, com conta e sistema de pagamentos também via celular, sem cartão. A empresa divulgou a criação do banco ontem à noite, juntamente com seu resultado do primeiro trimestre. O movimento deve ter impactos nas concorrentes, como Cielo, GetNet e Safra.

Continua depois da publicidade

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A PagSeguro teve um lucro líquido de R$ 309,7 milhões 5% abaixo do projetado pelo banco BTG Pactual, mas 1% acima do esperado pelo mercado. O valor representa um crescimento de 2% no trimestre e de 75% no ano. O valor transacionado por cartão (TPV) ficou dentro do esperado.

Com isso, o grande destaque da teleconferência da empresa foi a entrada no segmento de serviços ao consumidor via PagBank, um aplicativo que oferece contas digitais, pagamentos instantâneos, portabilidade da folha de pagamento, cartões de débito e crédito. Segundo o BTG, esse movimento significa que a PagSeguro está se unindo a outros jogadores, como a Stone e a MELI, na exploração de nichos além do serviço de aquisição de comerciantes via maquininhas.

Com 4,4 milhões de clientes e figurando como a maior emissora de cartões pré-pagos do Brasil, a empresa já possui um volume interessante de clientes para monetizar todas essas iniciativas. De acordo com a PagSeguro, os negócios integrados de banco + crédito + software tem um potencial de receita 14 vezes maior que o das maquininhas para comerciantes ou aquisição. A iniciativa também consolida a base de clientes da PagSeguro, que será o principal público-alvo da nova plataforma.

O BTG tem uma recomendação neutra para o papel da PagSeguro, negociado em Nova York, com preço-alvo de US$ 30,00.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você