Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Gol fecha em alta de 6% e Azul sobe 4% após prévia operacional registrar aumento de demanda em agosto

Investing.com Brasil - 05/09/2019 - 17:30
Gol
A demanda de passageiros por assentos em voos da companhia no mês passado subiu 17,1% (Imagem: Dado Galdieri/Bloomberg)

Por Investsing.com 

As ações das companhias aéreas Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) fecharam em alta após a divulgação dos números das prévias operacionais.  Os papéis da Gol subiram 6,28% a R$ 34,01, enquanto as ações da Azul cresceram 4,48% negociadas a R$ 49,22.

No caso da Gol, a aérea informou que a oferta total de assentos de seus voos em agosto cresceu 9,5% ante mesmo mês de 2018. Enquanto isso, a demanda de passageiros por assentos em voos da companhia no mês passado subiu 17,1% também no comparativo anual. Com isso, a taxa de ocupação das aeronaves subiu 5,3 pontos percentuais, para 82,3%.

No mercado doméstico, a oferta de assentos cresceu 4,2%, enquanto a demanda evoluiu 11,2%, fazendo a taxa de ocupação avançar 5,2 pontos, a 83,2%. Já nos voos internacionais, a oferta teve alta de 53,4%, enquanto a demanda teve acréscimo de 72,5%. Com isso, a taxa de ocupação teve incremento de 8,6 pontos percentuais, para 77%.

Azul 

No caso da Azul, o tráfego de passageiros consolidado (RPKs) teve um crescimento de 26,4%, na comparação com agosto do ano passado. Já o aumento da capacidade aumentou 25,6%, o que levou a uma uma taxa de ocupação de 83,0% (+ 0,6 p.p. na comparação anual). A taxa de ocupação doméstica foi de 82,6% e a internacional totalizou 84,2%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em nota John Rodgerson, CEO da Azul, destacou que, a companhia conseguiu um aumento de dois dígitos na taxa de ocupação, “o que demonstra um sólido ambiente de demanda. Recentemente recebemos o nosso 31º A320neo e esperamos receber o primeiro Embraer (EMBR3) E-2 nas próximas semanas, que são os dois principais propulsores do nosso plano de expansão de margem para os próximos anos”.

Leia mais sobre: Ações, Azul, Gol, Mercados, Setor Aéreo

Última atualização por Renan Dantas - 05/09/2019 - 17:32