Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Gasto com aplicativo de transporte supera o de combustíveis, aponta Guiabolso

Diana Cheng - 04/04/2019 - 19:41
Usuário adquire informações personalizadas sobre mobilidade, peso dos gastos no orçamento e se vale a pena adquirir um cartão de posto (Imagem: Equipe Money Times)

O Guiabolso acabou de lançar um novo serviço que mostra os gastos do consumidor com transporte. Usando a aba Guia, o usuário pode obter informações personalizadas sobre mobilidade, o peso dos gastos no orçamento e se vale a pena adquirir um cartão de posto.

Para as pessoas que baixam o aplicativo e conectam as contas, dois tipos de dados são disponibilizados: os gastos com aplicativos de transporte, como Uber, Cabify e Yellow, e os gastos com o carro – impostos, multas, postos de gasolina. As informações disponibilizadas revelam o valor desembolsado, o quanto isso representa da renda do consumidor e o percentual do IPVA, além de comparar se o gasto está acima ou abaixo da média geral.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Pesquisa

Uma pesquisa realizada pelo aplicativo revelou que quatro em cada dez pessoas não sabem o valor gasto com transporte todos os meses.

A média gasta com combustível é de R$ 229,26. Com aplicativos de transporte, R$ 150,99.

Continua depois da publicidade

O levantamento ainda observou que o consumidor está substituindo o uso de automóveis próprios para usar serviços alternativos, como o Uber, o 99 e o Cabify, que foram de 23,3% para 25,4% em um ano. As bikes Itaú, Yellow e Green também apresentaram aumento da demanda, subindo de 0,1% para 0,9%.

“Pro consumidor é benéfico que hoje em dia haja mais opções de transporte e que, ao ver a conta no fim do mês, ele tenha uma alternativa para diminuir o gasto”, ressalta Thiago Alvarez, CEO do Guiabolso. “O importante é sempre ficar de olho porque é um gasto básico, aquele do qual ninguém foge”.

Continua depois da publicidade

Última atualização por Vitória Fernandes - 04/04/2019 - 19:48