Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Futuros do minério de ferro têm leve queda na bolsa de Dalian

Investing.com Brasil - 21/03/2019 - 8:15
Após despencar no dia anterior, minério se mantém estável nesta quinta-feira

Por Investing.com

A sessão desta quinta-feira na bolsa de mercadorias de Dalian, na China foi marcada pela leve desvalorização dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo de maior liquidez, com data de vencimento no mês de maio deste ano, teve queda de 0,33% a 612,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação diária de 2 iuanes por tonelada.

O que ainda está barato na Bolsa? Veja as 6 ações negociadas em nível “pechincha”

Continua depois da publicidade

Fechada nos últimos 10 meses, agora está reaberta, por tempo limitado. Veja como é possível ter 5 anos de lucro na Bolsa em apenas uma operação de curto prazo

No caso do vergalhão de aço, que tem seus papéis transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai, o dia foi de rumos distintos. O contrato com maior volume de negócios, para maio, perdeu 10 iuanes para 3.772 iuanes por tonelada, enquanto o de outubro, segundo mais líquido, somou 1 iuan para 3.502 iuanes por tonelada.

O índice acionário de Xangai fechou em alta nesta quinta-feira, depois que o Federal Reserve adotou uma postura mais expansionista em sua reunião de política monetária.

Federal Reserve adota política expansionista

Após dois dias de reuniões, o banco central dos Estados Unidos abandonou na quarta-feira às projeções de qualquer alta de juros este ano em meio a sinais de desaceleração econômica, e anunciou um plano para encerrar seu programa de redução de balanço até setembro.

Enquanto isso, havia preocupações sobre os valores uma vez que os principais índices acionários chineses negociam perto das máximas em nove meses, em meio às persistentes preocupações sobre as negociações comerciais com os Estados Unidos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, alertou na quarta-feira que os EUA podem manter as tarifas sobre bens chineses por um “período substancial” para garantir que Pequim cumpra qualquer acordo comercial, ampliando as incertezas sobre as negociações.

Leia mais sobre: China, Commodities, Minério de ferro, Vale
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você