Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Focus volta a cortar projeção do IPCA e do PIB; economia deve crescer 0,87% no ano

Investing.com Brasil - 24/06/2019 - 8:48
O mercado repetiu no levantamento divulgado nesta segunda-feira a expectativa é a taxa básica de juros, que deve encerrar o ano a 5,75% ao ano (Imagem: Raphael Ribeiro/ BCB)

Por Investing.com

O Banco Central (BC) divulgou nesta segunda-feira mais uma edição do relatório Focus. A projeção do IPCA no fechamento de 2019 caiu, indo de 3,84% para o patamar de 3,82%. A projeção fica abaixo do centro da meta de inflação de 4,25% e dentro do intervalo de intolerância de 1,5 ponto percentual.

XP Investimentos troca 4 ações em carteira Top 5 para semana

Continua depois da publicidade

Há quatro semanas, a aposta era de 4,07%. Para 2020, a estimativa dos analistas é que o índice oficial de inflação encerre o período em 3,95%, sendo que a estimativa anterior era de 4,00%, ficando agora ligeiramente abaixo do centro da meta estabelecido para o ano que vem.

O mercado repetiu no levantamento divulgado nesta segunda-feira a expectativa é a taxa básica de juros, que deve encerrar o ano a 5,75% ao ano, projeção que dá início à tendência de que o BC deverá mexer nos juros neste ano. A mudança apareceu pela primeira vez na semana passada.

A expectativa de manutenção da Selic em 6,5% permaneceu por 18 semanas consecutivas. Os analistas também mantiveram a previsão para 2020, de 6,50%. O Copom manteve na semana passada a taxa de juros inalterada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para a taxa de câmbio, a moeda deve fechar o ano a R$ 3,80, o que também representa uma manutenção em relação à projeção das últimas semanas. Para o encerramento de 2020, a aposta foi mantida sem alterações em R$ 3,80 pela sexta semana consecutiva.

Em relação ao crescimento da economia brasileira, a pesquisa Focus voltou a reduzir, pela décima semana consecutiva, a aposta do PIB de 2019 de 0,93% para 0,87%, Para 2020, a manteve a aposta em 2,20%.

Veja o relatório na íntegra:

Última atualização por Bruno Andrade - 24/06/2019 - 8:48