Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

O que esperar para a decisão do Fed hoje?

Gustavo Kahil - 20/03/2019 - 9:27
Jerome Powell
(Imagem: Facebook do Federal Reserve)

Os mercados financeiros em todo o mundo estão voltados, nesta quarta-feira (20), para a decisão de política monetária do Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve). O Fed, liderado por Jerome Powell, tornará público o comunicado às 15h, mas é o relatório de projeções econômicas – mesmo horário – e o seu discurso, às 15h30, que levantam incertezas.

O que ainda está barato na Bolsa? Veja as 6 ações negociadas em nível “pechincha”

“Temos a emoção da decisão da taxa de juros do Federal Reserve dos EUA hoje. O advogado [Powell é formado em Direito] que preside o Fed vai dar uma conferência de imprensa, que permite nuances e orientações. As condições não estão direcionadas para um aumento da taxa hoje, mas elas provavelmente serão no final deste ano”, destaca Paul Donovan, economista global do UBS em sua nota matinal.

Para a LCA Consultores, o Chairman pode trazer alguma novidade sobre a atual política de redução de seu balanço, que deve ocorrer até o fim do ano. A expectativa é de que o balanço do Fed recue dos atuais US$ 4 trilhões para algo em torno de US$ 3,5 trilhões.

Continua depois da publicidade

“Nesse caso as reservas bancárias seriam reduzidas para algo em torno de US$ 1,2 trilhão (US$ 1,6 trilhão). Além disso, Powell deve reafirmar a mensagem de apenas acompanhar a evolução da economia e ser paciente com a taxa de juros. O presidente do Fed provavelmente deverá ser questionado sobre suas expectativas quanto ao processo de revisão das estratégias, ferramentas, práticas de comunicação, utilizadas pelo Fed para o cumprimento de seus mandatos”, analisa a consultoria em um relatório distribuído nesta manhã a clientes.

A LCA projeta pequenos ajustes para pior nas projeções de PIB e da taxa de desemprego.

Roberto Campos Neto
Esta é a primeira reunião do novo presidente do BC, Roberto Campos Neto (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Selic

Para a equipe da corretora H.Commcor, o comunicado do Fed também pode nutrir as expectativas a respeito da taxa Selic.

“Os investidores esperam que a taxa seja mantida nos níveis de 6,50% ao ano, porém uma parcela do mercado diz que uma redução de 25 pontos-base não está descartada. O mercado se encontra em dúvida em relação ao modo como o novo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, irá lidar com a taxa brasileira, entretanto as crenças de que o mesmo continuará a seguir os caminhos traçados pelo seu antecessor, Ilan Goldfajn, são grandes”, destaca o documento.

Continua depois da publicidade

A Selic será divulgada hoje, após o fechamento dos mercados.

Última atualização por Gustavo Kahil - 20/03/2019 - 9:27