Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

O que esperar para a decisão do Fed hoje?

Gustavo Kahil - 20/03/2019 - 9:27
Jerome Powell
(Imagem: Facebook do Federal Reserve)

Os mercados financeiros em todo o mundo estão voltados, nesta quarta-feira (20), para a decisão de política monetária do Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve). O Fed, liderado por Jerome Powell, tornará público o comunicado às 15h, mas é o relatório de projeções econômicas – mesmo horário – e o seu discurso, às 15h30, que levantam incertezas.

O que ainda está barato na Bolsa? Veja as 6 ações negociadas em nível “pechincha”

“Temos a emoção da decisão da taxa de juros do Federal Reserve dos EUA hoje. O advogado [Powell é formado em Direito] que preside o Fed vai dar uma conferência de imprensa, que permite nuances e orientações. As condições não estão direcionadas para um aumento da taxa hoje, mas elas provavelmente serão no final deste ano”, destaca Paul Donovan, economista global do UBS em sua nota matinal.

Continua depois da publicidade

Para a LCA Consultores, o Chairman pode trazer alguma novidade sobre a atual política de redução de seu balanço, que deve ocorrer até o fim do ano. A expectativa é de que o balanço do Fed recue dos atuais US$ 4 trilhões para algo em torno de US$ 3,5 trilhões.

“Nesse caso as reservas bancárias seriam reduzidas para algo em torno de US$ 1,2 trilhão (US$ 1,6 trilhão). Além disso, Powell deve reafirmar a mensagem de apenas acompanhar a evolução da economia e ser paciente com a taxa de juros. O presidente do Fed provavelmente deverá ser questionado sobre suas expectativas quanto ao processo de revisão das estratégias, ferramentas, práticas de comunicação, utilizadas pelo Fed para o cumprimento de seus mandatos”, analisa a consultoria em um relatório distribuído nesta manhã a clientes.

A LCA projeta pequenos ajustes para pior nas projeções de PIB e da taxa de desemprego.

Roberto Campos Neto
Esta é a primeira reunião do novo presidente do BC, Roberto Campos Neto (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Selic

Para a equipe da corretora H.Commcor, o comunicado do Fed também pode nutrir as expectativas a respeito da taxa Selic.

“Os investidores esperam que a taxa seja mantida nos níveis de 6,50% ao ano, porém uma parcela do mercado diz que uma redução de 25 pontos-base não está descartada. O mercado se encontra em dúvida em relação ao modo como o novo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, irá lidar com a taxa brasileira, entretanto as crenças de que o mesmo continuará a seguir os caminhos traçados pelo seu antecessor, Ilan Goldfajn, são grandes”, destaca o documento.

A Selic será divulgada hoje, após o fechamento dos mercados.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você