Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

MPT vê riscos para mais de 25 mil trabalhadores com compra da Embraer pela Boeing

Diana Cheng - 17/01/2019 - 19:31

Embraer

O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com um recurso nesta última quarta-feira (16) pedindo a reconsideração da decisão tomada pelo ministro Brito Pereira, presidente do Tribunal Superior do Trabalho, de liberar a União de poder consultar o Conselho de Segurança Nacional antes de aceitar o acordo de venda da Embraer pela Boeing.

De acordo com o MPT, caso a venda não garanta de forma efetiva a manutenção das atividades da Embraer, cerca de 26.670 empregos serão afetados.

“Se não houver [a garantia], a União deve exercer o direito contratual, denominado de golden share, de garantir o interesse público e a segurança nacional mesmo após a venda da Embraer, optando, em último caso, por vetar o negócio jurídico”, explica Maria Aparecida Gugel, subprocuradora-geral do MPT.

+ Veja aqui quais são as pequenas gigantes da Bolsa que podem te ajudar a transformar centavos em milhões

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Um mandado de segurança também foi julgado procedente em parte pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, mas a decisão foi cassada pelo ministro Brito Pereira, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST). No início de janeiro, a subprocuradora-geral do MPT entrou com um agravo.

Para Gugel, os postos de trabalho no Brasil não são os únicos sob ameaça. O patrimônio tecnológico e intelectual da companhia brasileira, considerada um dos poucos exemplos de sucesso e lucratividade da indústria no país, também pode ser afetado.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Recomendados para você
Felipe Miranda: Qual é a marca da vitória em ações e bitcoins?