Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lei do distrato: consumidor pode ser ressarcido da comissão de corretagem

Diana Cheng - 25/03/2019 - 16:46
Imóveis
Comprador que desistir do negócio pode ser multado em até até 50% do valor do investimento

A lei do distrato, que possibilita o cancelamento da compra de imóveis na planta, está chamando a atenção pelo percentual de até 50% do valor do investimento a ser cobrado do comprador que desistir do negócio.

“Esse percentual de até 50% é aplicado no caso de desistência, mas isso no regime de patrimônio de afetação – quando o patrimônio do empreendimento é separado do restante do patrimônio do incorporador”, explica Jairo Corrêa, advogado do escritório Corrêa, Ongaro, Sano Advogados Associados. Segundo o especialista, o valor da multa fora do regime de afetação cai para 25%.

Ibovespa pode ter 2 estreantes em abril; Taurus entra no IBrX 100

Continua depois da publicidade

Algo parecido com o que aconteceu no último ciclo de alta da Bolsa está prestes a se repetir. Veja como é possível ganhar ate +2.691% com estes ativos

Em se tratando da comissão de corretagem, ela somente será devolvida caso seja exercido o direito de arrependimento pelo comprador, que só é viável nos casos em que a aquisição do imóvel tenha sido feita fora da sede do incorporador ou no estande de venda. “Nestes casos, a desistência deverá ser formalizada por meio de carta com aviso de recebimento no prazo de sete dias”, ressalta Corrêa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Quando o erro parte da construtora, como em situações de atraso na entrega do imóvel, a devolução deve ser de 100% do valor pago.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você