Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Itaú BBA troca duas ações em carteira Top 5

Gustavo Kahil - 22/11/2018 - 11:38
Fonte: B3

O Itaú BBA realizou a troca de duas ações em sua carteira Top 5 com a saída das ações da Gerdau (GGBR4) e Bradesco (BBDC4) e entrada dos papéis da Petrobras (PETR4) e Cyrela (CYRE3), revela um relatório assinado por Lucas Tambellini, Fábio Perina, Guilherme Reif e Larissa Nappo. O portfólio tem alta de 55,69% em 2018.

De acordo com o banco de investimentos, a siderúrgica Gerdau apresentou um fraco desempenho no mercado em outubro, apesar de um forte resultado trimestral. “Além disso, cresceram as incertezas quanto à possível redução do atual patamar das tarifas de importação sobre produtos siderúrgicos”, afirma o relatório.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A retirada do Bradesco deixa a lista dada a concretização da expectativa de um bom resultado normalizado e a redução do desconto entre a cotação das ações e o valor considerado justo.

Continua depois da publicidade

Novidades

A entrada da Petrobras se dá pela expectativa de aprovação da lei da Cessão Onerosa. De acordo com a avaliação, a aprovação é essencial para um acordo final com a União e reavaliação dos números. “Em nossos cálculos, se um preço de petróleo de US$ 70 fosse usado, implicaria uma liquidação de aproximadamente US$ 10 bilhões. No entanto, há ainda muita incerteza com relação ao preço a ser estabelecido”, destacam os analistas.

Outros motivos para a aposta na estatal são a venda de ativos e o aumento de produção esperado para 2019.

Já para Cyrela, o Itaú BBA espera que a melhor estimativa macroeconômica para o ano que vem, de 2,5%, beneficie as empresas de construção civil. “Com isso, nossos analistas enxergam a Cyrela como sendo um veículo de alto potencial de geração de caixa para os próximos anos. Além disso, a empresa possui um alto nível dos estoques prontos (R$ 4,792 bilhões no 3º trimestre de 2018)”, indica a avaliação.

Continua depois da publicidade

Última atualização por Gustavo Kahil - 22/11/2018 - 11:41