Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Gafisa irá lançar ações com deságio de 19,4%

Gustavo Kahil - 16/04/2019 - 10:02
Os acionistas detentores de ações companhia terão prazo de 30 dias para exercer seu direito de preferência (Fonte: Facebook oficial da Gafisa)

A Gafisa (GFSA3) decidiu em uma reunião do seu Conselho de Administração realizada na segunda-feira (16) à noite um aumento de capital mediante a emissão de até 71,031 milhões de ações ao valor de R$ 6,02, o que representa um deságio de 19,4% na comparação com o valor de fechamento de ontem (R$ 7,47).

Os acionistas detentores de ações companhia terão prazo de 30 dias para exercer seu direito de preferência , além de um bônus de 15% sobre o valor da ação na subscrição de tal aumento de capital e direito de preferência no rateio das sobras e um bônus de 3% sobre o valor da subscrição do rateio de tais sobras.

O Conselho também reelegeu Roberto Luz Portella como Diretor Presidente, Financeiro e de Relações com Investidores, bem como Eduardo Laranjeira Jácome para ocupar o cargo de Diretor Executivo Operacional.

Continua depois da publicidade

Por fim, a empresa aprovou que sejam tomadas as medidas cabíveis para a emissão de 1,4 milhão de ações canceladas.

Histórico

A empresa tem tomado decisões para investigar as decisões realizadas durante o período que esteve sob administração da gestora GWI, do investidor Mu Hak You. No acumulado de 2019, os papéis da empresa afundaram 55,80%.

Durante o período que esteve sob comando da GWI, a Gafisa passou por momentos de muita turbulência, como a troca da diretoria por nomes sem experiência de mercado, mudança de sede, fechamento de escritório no Rio de Janeiro, isso sem contar os atrasos nos pagamentos de fornecedores.

Ao assumir a gestão, a GWI usou parte do caixa da empresa para recomprar ações da própria empresa. Mesmo assim as cotações da empresa na bolsa despencaram.

Última atualização por Gustavo Kahil - 16/04/2019 - 10:03