Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fusão da IMC com franquias do Pizza Hut e KFC pode elevar ações, aponta Itaú BBA

Vitória Fernandes - 23/08/2019 - 19:25
De acordo com Ley, a empresa gerará melhores lucros nos próximos anos, mas o seu preço já reflete essa evolução futura

O Itaú BBA retomou a cobertura da IMC (MEAL3), dona do Viena e do Frango Assado, estimando o preço-alvo da ação para R$ 10 até o final de 2020, mostra um relatório enviado a clientes nesta sexta-feira (23).

A recomendação atribuída aos papeis é de market perform, o mesmo que manutenção. De acordo com o analista Joaquin Ley, o ativo não é visto como “barato” em um contexto latino-americano.

Para Ley, a empresa gerará melhores lucros nos próximos anos, mas o seu preço no mercado já reflete essa evolução futura. Este resultado deve chegar com uma esperada melhora na eficiência operacional, o que deve impulsionar o Ebitda, indicador que mede a geração de caixa da empresa.

A IMC incorporou a MultiQSR, franquiada do Pizza Hut e KFC no Brasil

Pizza Hut e KFC

O relatório também argumenta que o avanço na fusão com a MultiQRS, gestora de restaurantes que detém indiretamente franquias da Pizza Hut e do KFC, poderá acrescentar até R$ 1 ao preço-alvo estimado. A aquisição foi realizada em julho de 2019.

A MultiQSR é proprietária de 11 restaurantes Pizza Hut no Brasil, além de deter o direito de, em caráter de exclusividade, operar e sub franquear restaurantes da marca no Brasil. É também dona de 20 restaurantes KFC, também com direitos exclusivos de operação e sub franqueamento. No Brasil, entre restaurantes próprios e subfranqueados, há 187 restaurantes Pizza Hut e 62 KFC.

(Com Investing.com)

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Gustavo Kahil - 23/08/2019 - 19:25