Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

EUA: Futuros sobem com esperança de corte na Fed Funds Rate

Investing.com Brasil - 13/06/2019 - 9:58
Mercados
Os futuros dos EUA sobem nesta quinta-feira, em meio a crescentes esperanças de que o Federal Reserve cortará as taxas de juros (Imagem: Pixabay)

Investing.com 

Os futuros dos EUA sobem nesta quinta-feira, em meio a crescentes esperanças de que o Federal Reserve cortará as taxas de juros, enquanto as ações de energia parecem aliviadas com o aumento dos preços do petróleo após um ataque a dois petroleiros perto do Golfo Pérsico.

Em relação à commodities, o petróleo sobe 2,9%, para US$ 52,66 o barril, depois que dois petroleiros explodiram em um suposto ataque perto do estreito de Hormuz, por onde passa um quinto do consumo global de petróleo. A Exxon Mobil(NYSE:XOM) e a Chevron (NYSE:CVX) tiveram indicação quase 1% mais altas no comércio de pré-mercado.

Petróleo dispara com temores após explosão de tanques próximo a costa do Irã

Os investidores especulam sobre a possibilidade de cortes no Fed devido à desaceleração da inflação e aumento das tensões comerciais depois que o presidente do Fed, Jerome Powell, sinalizou há duas semanas que o banco “agirá como apropriado para sustentar a expansão, com um mercado de trabalho forte e inflação próxima nosso do nosso objetivo simétrico de 2%.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O rendimento do título do Tesouro americano com vencimento em 10 anos caía 1,5 pontos base para 2,11%, com expectativas de um corte de taxa em julho aumentando para 88,1%, embora seja esperado que o Fed vá manter as taxas estáveis ​​em sua próxima reunião em 19 de junho. Os rendimentos de dez anos caíram de mais de 2,5% em maio, quando as negociações comerciais entre os EUA e a China começaram a se desfazer.

Os futuros do Dow sobe 84,5 pontos ou 0,33%  enquanto o futuros do Nasdaq 100 está em alta de 26,63 pontos ou 0,40% e S&P 500 futuros avança 8,88 pontos ou 0,33%.

Enquanto isso, na frente comercial, o presidente Donald Trump se recusou a estabelecer um prazo para o aumento das tarifas de importação de produtos chineses, insistindo que os dois países acabariam fazendo um acordo, mas assumindo a responsabilidade pelo atraso nesse meio tempo.

“Eu não tenho prazo. Meu prazo é o que está aqui”, disse ele, apontando para a cabeça em uma entrevista coletiva na quarta-feira.

A Uber (NYSE:UBER) perde 0,73%, enquanto a Lyft (NASDAQ:LYFT) em alta de 0,59% no pré-mercado depois que a Evercore iniciou a cobertura das empresas que saíram do mercado, segundo a Investor’s Business Daily.

O Facebook (NASDAQ:FB) despenca 1,72%, apesar de uma reportagem do Wall Street Journal alegando que o CEO Mark Zuckerberg pode ter sabido das práticas de privacidade questionáveis ​​da empresa.

Em outros lugares, o Lululemon Athletica (NASDAQ:LULU) em baixa de 0,43% depois que os lucros do primeiro trimestre foram melhores que o esperado, enquanto a Micron (NASDAQ:MU) caem  5,4% e a Tesla (NASDAQ:TSLA) perde 3,61%.

Os futuros do ouro avança 0,16%, para US$ 1.339,75 por onça-troy, enquanto o índice dólar, que mede a força do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, ficou estável em 96,970.

Última atualização por Rafael Borges - 13/06/2019 - 10:32