Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BTG lança criptoativo para mercado imobiliário no Brasil e estima levantar US$ 15 mi

Gustavo Kahil - 21/02/2019 - 13:07

O BTG Pactual (BPAC11) lançou nesta quinta-feira (21) o criptoativo ReitBZ, um token que irá garantir o acesso ao setor de mercado imobiliário com ativos de alto risco por meio da tecnologia blockchain, informou a empresa por meio de um comunicado enviado à imprensa.

O portfólio da ReitBZ será composto por propriedades urbanas localizadas nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. As propriedades alvo são aquelas que foram impactadas pela recente recessão econômica do Brasil e agora oferecem vantagens econômicas potencialmente significativas. A estimativa é de levantar US$ 15 milhões .

A oferta de tokens permite que compradores de diversos países adquiram tokens que representarão um investimento em imóveis brasileiros em dificuldades financeiras por meio de uma estrutura de baixo custo e eficiência tributária. Os investidores receberão distribuições de lucros periódicas por meio de um token baseado em blockchain.

“A tecnologia associada a essa oferta nos permite sermos pioneiros no fornecimento de acesso a classes de ativos que têm sido historicamente difíceis de acessar aos investidores globais”, disse Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual. “Estamos constantemente explorando maneiras inovadoras de promover , democratizar e incentivar o desenvolvimento dos mercados financeiro e de capitais. ”

“Acreditamos que este é o momento ideal para investir no setor imobiliário brasileiro”, disse André Portilho, um dos sócios responsáveis ​​pelo projeto no BTG Pactual. “A nosso ver, estamos nos estágios iniciais de recuperação de preços e nossa A tese do investimento é apoiada pela perspectiva econômica e regulatória positiva do país. ”

Além de usar a tecnologia blockchain para criar a oferta de token de segurança, o BTG Pactual está colaborando com a Gemini para utilizar o dólar da Gemini, um stablecoin regulamentado, garantido em dólares, para receber capital de investimento e distribuir dividendos via o blockchain Ethereum.

“A tokenização de ativos reais é um grande passo à frente na evolução da economia criptográfica”, disse Tyler Winklevoss, CEO da Gemini.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!