Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BCE deixa taxa de juros estável, confirma fim da compra de títulos

Investing.com Brasil - 13/12/2018 - 11:22
(Wikimedia Commons)

Por Investing.com – O Banco Central Europeu (BCE) deixou as taxas de juros em espera na quinta-feira em uma decisão amplamente esperada e reiterou que elas permanecerão inalteradas até 2019.

A autoridade monetária da zona do euro deixou sua principal taxa de refinanciamento, que determina o custo do crédito na economia, inalterado em zero, onde está desde março de 2016.

O BCE também confirmou o fim de seu programa de compra de bônus de € 2,6 trilhões (US $ 2,96 trilhões), com duração de quatro anos, reiterando que reinvestirá os pagamentos do principal de títulos em vencimento por um longo período de tempo.

Os investidores agora se concentrarão na coletiva de imprensa do BCE com o presidente Mario Draghi às 11h30 (horário de Brasília), enquanto buscam qualquer mudança nas perspectivas do banco central.

À medida que a zona do euro enfrenta conflitos comerciais globais e as negociações não resolvidas do Brexit, a redução das exportações e a desaceleração nos gastos e investimentos reduziram pela metade o ritmo de crescimento da zona do euro durante o último trimestre. Desde então, os dados apontaram para uma fraqueza persistente.

“Acabar com a flexibilização quantitativa agora parece mais que a munição está se esgotando em vez de (estar) baseada em uma perspectiva econômica convincente”, disse Anatoli Annenkov, economista do Societe Generale.

O problema do BCE é que o crescimento é mais fraco do que os formuladores de políticas pensavam há algumas semanas, enquanto um aumento na inflação subjacente não se materializou, pondo em dúvida algumas das suposições do banco sobre a economia em geral.

A inflação total pode estar próxima da meta agora, mas a queda dos preços do petróleo sugere uma queda nos próximos meses e um aumento sólido dos salários não está se propagando aos preços, deixando o banco com uma desconexão.

“Agora esperamos que o BCE aumente as taxas de juros em 2020 e não até o final de 2019, como atualmente é comunicado na orientação futura dos bancos”, disse a Fitch na quarta-feira. “Esperamos que o BCE mude sua orientação futura sobre as taxas de juros nos próximos meses”.

Com Reuters

Leia mais sobre: Euro, Europa, Internacional

Última atualização por Nathalia Nascimento - 13/12/2018 - 11:22