Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ásia: Nikkei 500 recua 0,79%, Shanghai Composite e Hang Seng fecham em queda

Bruno Andrade - 03/06/2019 - 7:02
Bolsas asiáticas em baixa nesta segunda-feira

O índice Nikkei 500 fechou com desvalorização de 0,79% nesta segunda-feira (03), registrando desempenhos desfavoráveis nos setores de automobilismo e construção naval. Na China, os índices Shanghai Composite e Hang Seng  relataram baixas, respectivamente, de 0,30% e 0,03%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em Tóquio, destaque para as ações da The Kansai Electric Power, que avançaram 3,99%. Do lado negativo, os papeis da Credit Saison despencaram 7,26%. No mercado de câmbio, o dólar apresenta valorização de 0,09% frente ao iene, para 108,36.

O continente voltou a passar por tensões entre os EUA e China, as potências econômicas divergem sobre Taiwan. A segunda maior economia do planeta vem realizando operações militares no mar do sul da China. Para os EUA as operações não passam de pretexto para interferir em países vizinhos.

“Talvez a maior ameaça de longo prazo aos interesses vitais de Estados ao nesta região venha dos atores que buscam enfraquecer, em vez de preservar, a ordem internacional baseada em leis”, disse o secretário interino de Defesa dos EUA, Patrick Shanahan à agência Reuters.

Por outro lado, o ministro da defesa chinês, Wei Fenghe, afirmou em uma cúpula em Cingapura que os EUA não devem interferir em disputas entre Taiwan e o mar do sul da China. Essa foi a nova tensão entre os países após a última guinada na guerra comercial.

Commodities

A cotação do WTI com contrato para julho avança 0,45%, equivalente a US$ 53,74 por barril. O ouro, para entrega em agosto, opera com alta de 0,62% – negociado a US$ 1.319,20 por onça troy. Por fim, a cotação do petróleo Brent, com entrega para o mês de agosto, avança 0,18% para US$ 62,10 por barril.

Última atualização por Bruno Andrade - 03/06/2019 - 7:12