Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Acordo de May para Brexit é derrotado no Parlamento britânico

Investing.com Brasil - 12/03/2019 - 16:37
Theresa may
Theresa May foi novamente derrotada no Parlamento britânico

Por Investing.com 

Os parlamentares britânicos rejeitaram o renegociado acordo de retirada do Reino Unido da União Europeia – conhecido por Brexit – da primeira-ministra Theresa May por uma retumbante maioria de 149 votos. Foram 391 parlamentares contrários e 242 a favor da moção que endossa a estratégia de negociação do governo com o bloco europeu.

libra esterlina caiu 0,59%, para US$ 1,3064, pouco antes de os resultados da votação serem anunciados, mas depois reduziu algumas perdas para negociação a US$ 1,3111.

O sucesso da votação foi posto em dúvida antes do início, quando o procurador-geral Geoffrey Cox alertou que o risco de o Reino Unido ficar preso em um acordo, que evita a instalação de uma barreira alfandegária na fronteira com a Irlanda – membra da EU – depois do Brexit, permaneceu “inalterado” com a renegociação do acordo de May com os dirigentes europeus. Em janeiro, o plano de May já havia sido derrotado com a maior votação contra o governo na história moderna da Grã-Bretanha.

O conselho legal de Cox foi considerado crucial para conseguir que os parlamentares pró-Brexit não apoiassem o acordo da primeira-ministra. Após a votação de hoje, os legisladores do Reino Unido devem votar na quarta-feira se o Reino Unido deveria deixar a UE sem um acordo em 29 de março.

Se o parlamento não rejeitar o acordo, os parlamentares terão até 14 de março para votar a extensão do prazo final de 29 de março para a saída completa do Reino Unido da UE. Se uma votação sobre uma extensão for aprovada, o governo vai negociar os dirigentes europeus por um atraso no processo.

Enquanto muitos acreditam que a UE provavelmente aceitará um atraso, a decisão será complicada devido às eleições do Parlamento Europeu entre 23 e 26 de maio em todos os países do bloco.

Última atualização por Gustavo Kahil - 12/03/2019 - 16:49