Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ação do Pão de Açúcar está “em promoção”

Gustavo Kahil - 17/10/2019 - 7:16
O Credit Suisse estima um potencial de valorização de aproximadamente 34% para as ações (Imagem: Equipe Money Times)

As ações do Pão de Açúcar (PCAR4) não estão “prestes a subir” no curto prazo, mas podem ser consideradas “em promoção”.

Em uma análise publicada após a apresentação do resultado operacional do terceiro trimestre de 2019, o banco Credit Suisse alertou que os ativos da varejista na Bolsa estão em um nível considerado “muito descontado”.

A empresa apontou um crescimento de 9,5% nas vendas totais ante o mesmo período de 2018 e alta de 10,3% na receita líquida de venda. As vendas no quesito “mesmas lojas” – abertas há no mínimo 12 meses – apresentaram crescimento de apenas 1,7%.

Apesar de não observar um fato impulsionar às ações no curto prazo, os analistas Victor Saragiotto e Pedro Pinto observam que há três principais eventos que podem fazer o mercado reavaliar o preço dos papéis:

Assaí Supermercados
Já foram inauguradas 9 lojas Assaí em 2019; São mais 10 previstas até o final de dezembro (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

1 – Ainda há um efeito positivo do amadurecimento das novas lojas do Assaí;

2 – Benefícios das mudanças implementadas pela administração na disposição de produtos das lojas; e

3 – A migração para o Novo Mercado, nível mais elevado da B3, deve melhorar a governança corporativa.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

“Vemos a ação negociando a 16,5 vezes o lucro estimado para 2020, o que parece muito descontado em nossa visão, considerando principalmente os altos patamares já atingidos pela maioria das outras varejistas”, explicam.

O Credit Suisse recomenda a compra das ações. O preço-alvo estimado para 12 meses é de R$ 112, o que sugere um potencial de valorização de 35%.

Última atualização por Gustavo Kahil - 17/10/2019 - 7:16