Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Ação da B3 deve ganhar com enxurrada de privatizações, aponta Credit Suisse

26/08/2019 - 21:44
Ibovespa B3
Há uma oportunidade para a alocação em ações da indústria local de gestores de ativos local dobrar de 8-10% para 20%, estima o banco (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

As ações da B3 (B3SA3) devem ganhar espaço para altas com uma esperada “mudança estrutural” no volume em renda variável, indica o Credit Suisse em um relatório enviado a clientes nesta segunda-feira (26). A equipe de análise esteve reunida com o diretor financeiro da Bolsa, Daniel Sonder.

“A administração é muito otimista sobre as perspectivas dos volumes de ações e vê uma mudança estrutural no mercado local, com uma mudança significativa de renda fixa em ações, maior participação de fundos de investimento e pessoas físicas. Destacando um estudo da Anbima, há uma oportunidade para a alocação em ações da indústria local de gestores de ativos local dobrar de 8 a 10% para 20%”, aponta o banco.

Além disso, as ofertas secundárias de participações governamentais em empresas estatais e do setor privado, as ofertas primárias principalmente no setor de infraestrutura e o potencial de desinvestimentos de empresas de private equity  devem ser um bom presságio para as perspectivas da volume médio diário no curto e médio prazo.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

“Pensando em uma tendência de longo prazo, o free float (parte das empresas negociadas em Bolsa) para o valor de mercado ainda é baixo no Brasil em relação aos padrões internacionais. Há espaço para redução nas participações de controle das empresas brasileiras e, cada vez mais, os acionistas controladores estão aceitando a ideia de controlar suas empresas com participação de 30% a 40% em vez de acima de 50%”, destaca o relatório.

O Credit Suisse tem a recomendação “outperform”, o mesmo que compra, com um preço-alvo de R$ 48.

Leia mais sobre: B3, Comprar ou vender?, Credit Suisse

Última atualização por Gustavo Kahil - 26/08/2019 - 21:46