Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

Stuhlberger: “Bolsonaro é um cenário que o mercado ainda gosta”

8 minutos atrás
“Bolsonaro é um cenário que o mercado ainda gosta”, avalia o gestor

O gestor do famoso fundo Verde,  Luis Stuhlberger, está com um “pequeno otimismo” com os ativos brasileiros, mostra uma entrevista exclusiva concedida para a jornalista Luciana Seabra do site Seu Dinheiro. A reportagem revela que a principal posição do fundo hoje está em NTN-Bs, com vencimento em 2023, 2036 e 2028.

“Eu posso estar um pouco menos pessimista do que o mercado, vai? Essa é a observação número um. E a observação número dois: acho que muito já está no preço. Em uma situação normal de Brasil, os preços estariam diferentes para qualquer coisa que você compre”, disse. Veja aqui a entrevista completa.

Sobre política, o gestor avalia que o mercado gostará muito mais do Jair Bolsonaro do que do Fernando Haddad. “Bolsonaro é um cenário que o mercado ainda gosta. O mercado piora por ver que o segundo colocado nas pesquisas é o PT. Isso é impensável, né? Voltemos ao fim de 2015: o PIB já tinha colapsado”.

Verde

Em seu último relatório mensal, o fundo Verde destacava que o contexto brasileiro se voltou totalmente ao cenário eleitoral, respondendo aos resultados das pesquisas, mesmo antes do início da campanha eleitoral no rádio e na televisão. Com isso, aponta o levantamento que o mercado local continua em busca frenética por ajustar diariamente as probabilidades da eleição.

“A volatilidade dos preços foi, até aqui, maior que a volatilidade das pesquisas. Ainda temos quase dois meses ainda pela frente até o segundo turno e não é óbvio que isso deve mudar. O espólio da (surpreendentemente forte) candidatura Lula está em disputa na esquerda, enquanto ao centro o caminho para o crescimento de Alckmin é tortuoso, seja pelo consolidado voto na direita, seja pelas candidaturas menores que tomam quinhões tradicionais do eleitorado tucano”, completa o documento.

O fundo aproveitou a volatilidade de agosto para aumentar marginalmente sua posição na bolsa brasileira. “Mantemos posições em juro real na parte intermediária da curva, com proteção em posições tomadas em juros americanos”.

Compartilhar no Linkedin

Nova Futura: Cautela deve permanecer após o Ibope

24 minutos atrás

Por Nova Futura

Os números da pesquisa Ibope orientam os negócios no mercado doméstico, que também avalia a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central e monitora o exterior. Encomendado pelo Estadão e TV Globo, o levantamento mostrou que o líder na disputa pela Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), parou de crescer e se manteve com 28% das intenções de voto.

Já seu principal adversário, Fernando Haddad (PT), subiu mais três pontos porcentuais e chegou a 22%. Desde que foi oficializado como candidato do PT, a vantagem de Bolsonaro sobre Haddad caiu de 18 pontos porcentuais para 6 e o petista é agora o único presidenciável que apresenta tendência de alta em toda a série do Ibope desde 20 de agosto.

O investidor avalia ainda os cenários de segundo turno. Se fosse hoje, Haddad venceria Bolsonaro por 43% a 37%. É a primeira vez que o candidato do PT fica à frente do presidenciável do PSL nesse tipo de simulação desde que foi confirmado como cabeça de chapa do PT. Bolsonaro também perderia para Ciro Gomes (PDT), por 46% a 35%, e Geraldo Alckmin (PSDB), por 41% a 36%.

E ficaria tecnicamente empatado com Marina Silva (Rede), por 39% a 39%. Quanto à rejeição, a de Bolsonaro passou de 42% para 46%, enquanto a de Haddad, de 29% a 30%. Nos ativos, a reação ontem à noite do EWZ, principal fundo de índice brasileiro (ETF, na sigla em inglês) em Nova York, em queda de quase 1% após a divulgação do Ibope, sinaliza manutenção da cautela nas mesas de operação, sentimento que já fora visto antes do fechamento do mercado local, quando o investidor antecipou a chance de um resultado desfavorável a Bolsonaro no levantamento.

O dia também começa com atenção na ata do Copom, que deve reforçar o tom do comunicado do encontro da semana passada. Analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast esperam que o texto dê mais informações a respeito do cenário para a inflação, em meio à escalada do dólar, mas continue reforçando a ideia de que deixará a porta aberta para a Selic começar a subir de forma gradual em caso de piora no balanço de riscos. A percepção é de que o BC seguirá sem se comprometer a poucos dias do primeiro turno da eleição.

No mercado internacional, as bolsas encontraram fôlego para uma recuperação moderada. A alta é contida pelas preocupações com a disputa comercial dos Estados Unidos com a China e o mercado espera ainda pela decisão de política monetária do Federal Reserve, amanhã, acompanhada de projeções econômicas. O petróleo estende os ganhos da véspera, ainda puxado pela decisão de produtores de não elevar a produção da commodity no fim de semana – o Brent para novembro rondava US$ 82 nesta manhã, após já ter fechado ontem no maior nível desde 2014.

Compartilhar no Linkedin

LCA: Haddad só ganha no Nordeste, mas Bolsonaro diminui no Sul

28 minutos atrás

A consultoria LCA avalia que a forte campanha contra Jair Bolsonaro tanto no horário eleitoral gratuito, como nas mídias sociais causou uma redução do apoio que o candidato tinha principalmente na região Sul. Nesta região, Bolsonaro perdeu 8 pontos percentuais (pp) ao registrar 30%.

Ibope: Distância entre Bolsonaro e Haddad cai a 6 pontos no 1º turno

Haddad bate Bolsonaro no 2º turno com 6 pontos, diz Ibope

Rejeição a Bolsonaro cresce para 46%

Contudo, o ex-capitão do Exército ganhou pontos na região Sudeste (3 pp), Nordeste (1 pp) e CO/N (1 pp). O candidato petista Fernando Haddad vence apenas no Nordeste onde atingiu a marca de 34% (31%).

“A campanha negativa contra a Bolsonaro e as declarações polêmicas de Guedes e do seu vice-presidente, General Mourão, também o prejudicaram. Assim, a sua rejeição voltou a crescer”, aponta o relatório.

Compartilhar no Linkedin

BTG quer tirar braço de private equity da Bolsa

29 minutos atrás

A PPLA Participations (PPLA11) anunciou nesta segunda-feira  (24) que pretende descontinuar o seu programa de BDRs para o consequente cancelamento da sua listagem e da negociação das Units perante a B3 e seu  registro de companhia emissora estrangeira categoria “A”, mantido junto à CVM, informou a empresa por meio de um comunicado. A empresa é a unidade de investimentos em private equity do BTG Pactual (BPAC11).

O BTG Pactual fará uma oferta pública para aquisição, ainda sem data prevista para acontecer. O banco contratou um laudo de avaliação da Planconsult Planejamento e Consultoria, que  apurou o preço por Unit de R$1,19 , sendo o preço de cada BDR Classe A e para BDR Classe B correspondente a uma fração correspondente a 1/3 (um terço) do Preço por Unit.

A Companhia informa também que iniciou tratativas com a Euronext de forma a iniciar ao cancelamento da listagem das Units e das Ações.

Compartilhar no Linkedin

Credit Suisse: Ataque contra Bolsonaro tem surtido efeito

31 minutos atrás

O Credit Suisse avalia que o resultado do Ibope desta segunda-feira (24) reforça que o cenário de um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) é o mais provável.

“As intenções dos eleitores por Bolsonaro mantiveram-se estáveis em um nível elevado, e o contínuo aumento nas intenções dos eleitores de Haddad mostra que a estratégia do PT para a transferência das intenções dos eleitores de Lula para Haddad foi bem-sucedida”, ressalta o banco.

Leonardo Fonseca  e Lucas Vilela, que assinam o documento entendem que, apesar do cenário ainda favorável para Bolsonaro no primeiro turno, suas intenções de voto em um segundo turno caíram significativamente nos cenários contra todos os candidatos mais bem classificados.

“O aumento na taxa de rejeição de Bolsonaro também sugere que a forte campanha negativa contra ele, após uma pausa após o esfaqueamento em 6 de setembro, vem prejudicando sua competitividade em um possível segundo turno”, concluem.

Compartilhar no Linkedin

Braskem: Ação da Petrobras na empresa também terá tag along

35 minutos atrás

A Braskem (BRKM5) irá incluir as ações preferenciais detidas pela Petrobras na sistemática do direito de tag along, informou a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (24).

“A Braskem ressalta que, nos termos do seu estatuto social, todos os acionistas têm o direito de tag along em relação às suas ações ordinárias e preferenciais em caso de alienação do controle da companhia”, explica a petroquímica.

Compartilhar no Linkedin

JHSF: Shopping Cidade Jardim lança plataforma de vendas on-line

48 minutos atrás

A JHSF (JHSF3) anunciou nesta segunda-feira (24) o início das operações do “Cidade Jardim On-Line”, a plataforma de ecommerce, cujo lançamento oficial ocorrerá em 30 de setembro, durante a Semana de Moda de Paris.

Segundo a empresa, o Cidade Jardim On-Line já está operando pelo site www.cidadejardim.com.br, e conta com marcas consagradas como Aquazzura, Emilio Pucci, Giorgio Armani, Omega, René Caovilla, Alexandre de Paris, Trousseau, Cruise, Baletto, Silvia Furmanovich, entre outras. Semanalmente serão adicionadas novas marcas à plataforma.

“A Companhia desenvolveu o Cidade Jardim On-Line, que trabalha integrado aos estoques das lojas, para ampliar a comodidade dos clientes frequentes do Shopping Cidade Jardim, bem como para oferecer a experiência “Cidade Jardim” em todos os estados do Brasil. Dentre os benefícios oferecidos, há garantia de troca de produtos na loja física do Shopping Cidade Jardim, click & collect, parcelamento em até 10 vezes, serviço de private shopper. Estará disponível também o “Same Day Delivery” para pedidos realizados até às 14h e com entrega na cidade de São Paulo”, mostra o comunicado.

Os aplicativos para iOs e Android serão disponibilizados em breve, além de itens selecionados que serão vendidos diretamente através da “Revista Cidade Jardim” a partir da edição de novembro de 2018.

Compartilhar no Linkedin

Japão: Índice Nikkei 225 sobe 0,15%

1 hora atrás

Investing.com – Japão – As ações fecharam em alta no pregão de terça-feira, com ganhos nos setores de Nikkei 500 ShipbuildingNikkei 500 Banking e Nikkei 500 Securities, levando as ações a uma alta.

No encerramento em Tóquio, o Índice Nikkei 225 avançou 0,15%, alcançando novo nível recorde máximo de 6 meses.

O melhor desempenho da sessão no Índice Nikkei 225 veio das ações da Nisshin Seifun Group Inc. (T:2002), que subiram 4,91%, o que corresponde a 115,0 pontos, sendo negociadas a 2.459,0 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações daYamato Holdings Co., Ltd. (T:9064) adicionaram 4,39%, ou 144,0 pontos, terminando o dia em 3.424,0, e as daShiseido Co., Ltd. (T:4911), que avançaram 4,13%, ou 331,0 pontos, no final das operações com 8.336,0.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Yaskawa Electric Corp. (T:6506), que caiu 6,28% ou 235,0 pontos, com os papéis sendo negociados a 3.505,0 em seu fechamento. Nissan Chemical Industries, Ltd. (T:4021) recuou 3,23%, ou 200,0 pontos, terminando em 5.990,0, e Suzuki Motor Corp. (T:7269) diminuiu 3,11%, ou 221,0 pontos, para 6.885,0.

As ações em alta superaram os papéis com resultados negativos na Bolsa de valores de Tóquio com uma diferença de 2628 a 843, enquanto 174 terminaram sem alterações.

Nikkei Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice Nikkei 225, acrescentou 0,43%, para 16.17.

Os contratos futuros de petróleo para entrega em novembro, subiram 0,62%, ou 0,45, para $72,53 por barril. Em outras commodities, petróleo brent para entrega em dezembro, avançou 0,91%, ou 0,73, para atingir $81,26 por barril, enquanto os futuros de ouro para entrega em dezembro, recuaram 0,10%, ou 1,20, negociados a $1.203,20 por onça troy.

O par USD/JPY subiu 0,09% para 112,91, enquanto o par EUR/JPY avançou 0,07%, para 132,63.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, diminuiu 0,03% em 93,88.

Compartilhar no Linkedin

China: Índice Shanghai Composite recua 0,58%

1 hora atrás

Investing.com – China – As ações fecharam em queda no pregão de terça-feira, com perdas nos setores de Investimentos e Serviços ImobiliáriosViagens e Lazer e Finanças, levando as ações a uma baixa.

No encerramento em Xangai, o Índice Shanghai Composite caiu 0,58%, enquanto o Índice SZSE Component perdeu 0,66%.

O melhor desempenho da sessão no Índice Shanghai Composite veio das ações da Dazhou Xingye Holding Co Ltd (SS:600603), que subiram 10,10%, o que corresponde a 0,410 pontos, sendo negociadas a 4,470 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da China Grand Automotive Services Co Ltd (SS:600297) adicionaram 10,02%, ou 0,590 pontos, terminando o dia em 6,480, e as da Jiangsu SOPO Chemical Co Ltd (SS:600746), que avançaram 9,98%, ou 0,500 pontos, no final das operações com 5,510.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Tianjin Tianhai Investment Co Ltd B (SS:900938), que caiu 10,04% ou 0,057 pontos, com os papéis sendo negociados a 0,511 em seu fechamento. Tianjin Tianhai Investment Co Ltd A (SS:600751) recuou 10,02%, ou 0,650 pontos, terminando em 5,840, e A-Zenith Home Furnishings Co Ltd (SS:603389) diminuiu 10,01%, ou 1,540 pontos, para 13,850.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice SZSE Component foram Chuying Agro-Pastoral Group Co Ltd (SZ:002477), cujas ações subiram 9,90%, para 2,11, Shenzhen Hepalink Pharmaceutical Co Ltd (SZ:002399) subiu 8,11% para terminar em 19,33, e Lianhe Chemical Technology Co Ltd (SZ:002250), que ganhou 7,19% para encerrar em 8,05.

Os piores desempenhos vieram de China Camc Engineering Co Ltd (SZ:002051), que recuou 10,02% para 13,74 no final das operações. Em seguida, a empresa Jiangsu Zhongnan Construction Group Co Ltd (SZ:000961), que perdeu 6,14% e terminou em 6,27, e, por fim, a China Merchants Shekou Industrial Zone Holdings (SZ:001979) que encerrou com recuo de 5,89%, para 18,71 no fechamento.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de Xangai com uma diferença de 923 a 460, enquanto 74 terminaram sem alterações.

As ações da Tianjin Tianhai Investment Co Ltd B (SS:900938) recuaram, alcançando seu mínimo de 52 semanas; diminuindo 10,04%, ou 0,057, para 0,511. As ações da Tianjin Tianhai Investment Co Ltd A (SS:600751) recuaram, alcançando seu mínimo de 52 semanas; perdendo 10,02%, ou 0,650, para 5,840. As ações da China Camc Engineering Co Ltd (SZ:002051) recuaram, alcançando seu mínimo de 52 semanas; perdendo 10,02%, ou 1,53, para 13,74.

CBOE China Etf Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice Shanghai Composite, permaneceu inalterado 0,00%, para 22.83.

Os contratos futuros de ouro para entrega em dezembro, caíram 0,07%, ou 0,90, para $1.203,50 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em novembro, avançou 0,32%, ou 0,23, para atingir $72,31 por barril, enquanto os futuros de petróleo brent para entrega em dezembro, avançaram 0,48%, ou 0,39, negociados a $80,92 por barril.

O par USD/CNY retrocedeu 0,25% para 6,8621, enquanto o par EUR/CNY avançou 0,16%, para 8,0686.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, aumentou 0,04% em 93,81.

Compartilhar no Linkedin

ISS de serviços como Uber poderá ser cobrado no município de embarque

1 hora atrás

O município onde embarca o passageiro de transporte por aplicativo pode passar a recolher o Imposto sobre Serviços (ISS). É o que prevê uma proposta (PLS 493/2017) do senador Airton Sandoval (MDB-SP) aprovada no Senado e que agora está em análise na Câmara dos Deputados. Atualmente o imposto é recolhido no município onde está sediada a empresa. Hoje as empresas Uber, Cabify e 99 estão sediadas em São Paulo. Em 2017, a Uber pagou R$ 972 milhões em ISS.

Compartilhar no Linkedin

Rejeição a Bolsonaro cresce para 46%

13 horas atrás

A pesquisa do Ibope também verificou as taxas de rejeição dos candidatos. Aumentou o número de eleitores que declararam que “não votaria de jeito nenhum” em Jair Bolsonaro, de 42% na pesquisa da semana passada para 46% nessa pesquisa. A rejeição de Fernando Haddad oscilou um ponto percentual, e agora é de 30%.

Ibope: Distância entre Bolsonaro e Haddad cai a 6 pontos no 1º turno

Haddad bate Bolsonaro no 2º turno com 6 pontos, diz Ibope

A rejeição da candidata Marina Silva é de 25%, a de Geraldo Alckimin, 20% e de Ciro Gomes, 18%. Henrique Meirelles, Cabo Daciolo, Eymael e Guilherme Boulos têm cada um 11% das rejeições de voto.

Dez por cento dos eleitores não votam em Vera Lúcia. João Amoêdo, Alvaro Dias e João Goulart Filho têm ambos 9% de rejeição. Sete por cento dos entrevistados não quiseram responder em quem não votaria e 2% disseram que poderiam votar em todos.

Compartilhar no Linkedin

Ações brasileiras caem em NY após Ibope mostrar Haddad mais forte

13 horas atrás

O ETF (Fundos de índices negociados em Bolsa) brasileiro mais negociado em Nova York, o iShares MSCI Brazil Index, opera em queda nesta segunda-feira (24) nas negociações do pós-mercado nos EUA. Durante o pregão normal, o ativo já tinha apresentado baixa de 2,87%. Há instantes, o EWZ tinha baixa de 1,65%, a US$ 32,79.

O desempenho é reflexo da mais recente pesquisa Ibope para a eleição presidencial brasileira divulgada nesta segunda-feira, após o fechamento do pregão regular.

Ela revelou que o candidato do PT, Fernando Haddad, agora bate o seu rival mais provável no segundo turno, Jair Bolsonaro (PSL) por 43% a 37%. É uma expressiva mudança em comparação com o levantamento anterior (18/09) em que ambos estavam empatados com 40%. Em 11 de setembro, Bolsonaro tinha 40% e Haddad 36%.

Já no 1º turno a diferença entre o candidato Bolsonaro e Haddad(PT) caiu de 9 para 6 pontos  percentuais. Bolsonaro segue estável na liderança com os mesmos 28% da pesquisa anterior, seguido por Fernando Haddad (PT) que foi de 19% para 22%. Em outro patamar, Ciro Gomes, do PDT, se manteve com os mesmos 11% verificados no levantamento passado; o peessedebista Geraldo Alckmin oscilou de 7% para 8% e Marina Silva (REDE) de 6% para 5% das intenções de voto.

Compartilhar no Linkedin

Haddad bate Bolsonaro no 2º turno com 6 pontos, diz Ibope

13 horas atrás

O candidato do PT, Fernando Haddad, agora bate o seu rival mais provável no segundo turno, Jair Bolsonaro (PSL) por 43% a 37%. É uma expressiva mudança em comparação com o levantamento anterior (18/09) em que ambos estavam empatados com 40%. Em 11 de setembro, Bolsonaro tinha 40% e Haddad 36%.

Ibope: Distância entre Bolsonaro e Haddad cai a 6 pontos no 1º turno

Rejeição a Bolsonaro cresce para 46%

Ciro Gomes (PDT) também bate Bolsonaro (PSL) com 46% a 35%. Geraldo Alckmin (PSDB) vence com uma diferença mais apertada com 41% a 36%. Já Marina Silva (REDE) ficaria empatada em 39%.

A pesquisa, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela Rede Globo, foi feita no último final de semana, dias 22 e 23 de setembro. Foram entrevistadas 2.506 pessoas em 178 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa é registrada no Tribunal Superior Eleitoral, e foi feita sob o protocolo BR‐06630/2018.

Compartilhar no Linkedin

Petrobras: Produção de petróleo cai 5,1% em agosto

14 horas atrás

A Petrobras (PETR4) informou nesta segunda-feira (24) que, em agosto, a sua produção total de petróleo e gás, incluindo líquidos de gás natural (LGN), foi de 2,47 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,35 milhões boed produzidos no Brasil e 116 mil boed no exterior. O número representa uma queda de 5,1% na comparação com julho (2,6 milhões).

A produção total operada da companhia (parcela própria e dos parceiros) foi de 3,15 milhões boed, sendo 2,99 milhões boed no Brasil.

Em relação ao mês anterior, houve uma redução, principalmente, pela concentração de paradas programadas para manutenção, que ocorreram no FPSO Cidade de Angra dos Reis e no FPSO Cidade de Maricá, localizados no campo de Lula no pré-sal da Bacia de Santos, nas plataformas P-25 e P-31, localizadas no campo de Albacora no pós-sal da Bacia de Campos, e da continuidade da parada da plataforma de Mexilhão. As tabelas abaixo detalham os valores de produção.

Compartilhar no Linkedin

Produção brasileira de aço bruto cai 3,7% em agosto

14 horas atrás
(Pixabay)

De acordo com o Instituto Aço Brasil, a produção brasileira de aço bruto fechou em 2,8 milhões de toneladas no mês de agosto de 2018, 3,7% a menos em comparação ao mesmo mês do ano passado. A produção de laminados também caiu, com 4,2% de diferença na mesma base de comparação. Os semiacabados, no entanto, tiveram crescimento de 1%.

As vendas internas, totalizando 1,7 milhão de toneladas, tiveram aumento de 9,2% quando comparadas a agosto de 2017. O consumo também cresceu e chegou a 1,9 milhão de toneladas no mês passado, um aumento de 11,4% comparado com o mesmo período.

O equivalente a US$ 251 milhões do produto foram importados, o que representa 246 mil toneladas. É um crescimento de 28,8% em quantidade e uma alta de 20,1% em valor na comparação com agosto de 2017.

Acumulado até agosto de 2018

O acumulado até agosto de 2018 representou um aumento de 2,5% da produção brasileira de aço bruto em comparação ao mesmo mês do ano passado, chegando em 23,1 milhões de toneladas. Foram produzidos 15,4 milhões de toneladas de laminados, 4,8% a mais em comparação com o mesmo período, e 6,5 milhões de toneladas de semiacabados, um aumento de 4,5%.

Na mesma base de comparação, as vendas internas aumentaram 10,2% de janeiro a agosto deste ano, um total de 12,2 milhões de toneladas. O consumo do produto também obteve alta, 10,0% frente ao período entre janeiro e agosto de 2017.

As importações alcançaram 1,7 milhão de toneladas, 7,1% a mais do que o acumulado do ano passado e o equivalente a US$ 1,8 bilhão.

Em se tratando do número de exportações, tanto do mês de agosto quanto do acumulado, a data de referência dos dados sofreu uma mudança metodológica com o uso do Portal Único de Comércio Exterior no segundo semestre do ano, tornando as informações divulgadas pelo MDIC/SECEX passíveis de alterações.

Compartilhar no Linkedin

Paulo Guedes cancela participação em mais um evento

14 horas atrás

O economista da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes, cancelou sua participação na sabatina que o FGV IBRE e o Estadão iria realizar no próximo dia 3 de outubro, informaram os organizadores nesta segunda-feira (24).

Após polêmica sobre CPMF, Paulo Guedes visita Bolsonaro

Guedes aceitara o convite para participar da série Os Economistas das Eleições e seria o oitavo e último economista a participar do debate, com jornalistas do Estadão, pesquisador do FGV IBRE e plateia, no auditório da FGV, em São Paulo.

Compartilhar no Linkedin

Vale revela data de divulgação dos resultados do 3º trimestre

14 horas atrás

A Vale (VALE3) divulgará o relatório de desempenho financeiro referente ao terceiro trimestre de 2018  no dia 24 de outubro de 2018, uma quarta-feira, após o fechamento dos mercados, informou a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (24).

A empresa divulgará simultaneamente o relatório de desempenho financeiro consolidado em IFRS (International Financial Reporting Standards), expressos em USD e em R$. O relatório de produção e vendas do 3T18 no dia 15 de outubro de 2018, segunda-feira, antes da abertura dos mercados.

No dia 25 de outubro de 2018, quinta-feira, serão realizadas duas conferências telefônicas e webcasts para discutir o desempenho do 2T18. A primeira, realizada em português, terá início às 10:00 horas da manhã, horário do Rio de Janeiro. A segunda, em inglês (sem tradução), terá início às 12:00, horário do Rio de Janeiro (11:00 horas da manhã em Nova Iorque e 16:00 horas em Londres).

Compartilhar no Linkedin

Dólar inicia semana em alta de 1%, cotado a R$ 4,08

15 horas atrás

A cotação da moeda norte-americana fechou hoje (24) em alta de 1%, encerrando o primeiro pregão da semana valendo R$ 4,0880. A alta reverte a tendência de baixa registrada na última semana, quando o dólar encerrou com um recuo acumulado de 2,86%. O Banco Central começou a semana ofertando os leilões tradicionais de swaps cambiais, sem nenhuma oferta extraordinária de venda futura da moeda norte-americana.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), terminou o primeiro pregão da semana em baixa de 1,84%, com 77.984 pontos. A tendência de queda dominou os papéis das empresas de grande porte, chamadas de blue chip. Petrobras recuou 0,70%, Vale fechou em baixa de 0,98%, Bradesco com perdas de 2,67% e Usiminas desvalorizadas em 2,83%.

Compartilhar no Linkedin

Ibovespa encerra em forte queda de 1,85%; volatilidade sobe 6%

15 horas atrás

Por Investing.com – Brasil – As ações fecharam em queda no pregão de segunda-feira, com perdas nos setores de ImobiliárioConsumo e Finanças, levando as ações a uma baixa. No encerramento, Ibovespa caiu 1,85%.

EUA: Dow Jones recua 0,68%

As 8 carteiras recomendadas para esta semana

O melhor desempenho da sessão veio das ações da Ultrapar (UGPA3), que subiram 0,54%, o que corresponde a 0,20 pontos, sendo negociadas a 37,00 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Fibria Celulose (FIBR3) permaneceram inalteradas 0,00%, ou 0,00 pontos, terminando o dia em 74,90, e as da Suzano (SUZB3), que recuaram 0,09%, ou 0,04 pontos, no final das operações com 47,01.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Gol (GOLL4), que caiu 6,40% ou 0,73 pontos, com os papéis sendo negociados a 10,68 em seu fechamento. B2W (BTOW3) recuou 4,50%, ou 1,30 pontos, terminando em 27,60, e Kroton (KROT3) diminuiu 4,05%, ou 0,44 pontos, para 10,43.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de BM&FBovespa com uma diferença de 294 a 161, enquanto 44 terminaram sem alterações.

CBOE Brazil Etf Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice Bovespa, acrescentou 6,14%, para 48.55.

Os contratos futuros de ouro para entrega em dezembro, subiram 0,16%, ou 1,90, para $1.203,20 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em novembro, avançou 2,08%, ou 1,47, para atingir $72,25 por barril, enquanto os futuros de café contrato C para entrega em dezembro, recuaram 1,80%, ou 1,80, negociados a $97,95 .

O par USD/BRL subiu 0,98% para 4,0903, enquanto o par EUR/BRL avançou 0,99%, para 4,8061.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, diminuiu 0,04% em 93,83.

Compartilhar no Linkedin

EUA: Dow Jones recua 0,68%

15 horas atrás

Por Investing.com – E.U.A. – As ações fecharam inalteradas no pregão de segunda-feira, com ganhos nos setores de Óleo e GásTecnologia e Assistência Médica, levando as ações a uma alta, enquanto perdas em setores como os de Bens de consumoMateriais básicos e Finanças puxaram outros papéis a uma baixa.

No encerramento em Nova York, o Índice Dow Jones Industrial Average recuou 0,68%, enquanto o Índice S&P 500 caiu 0,35%, e o Índice NASDAQ Compositeavançou 0,08%.

O melhor desempenho da sessão no Índice Dow Jones Industrial Average veio das ações da Walt Disney Company (NYSE:DIS), que subiram 2,15%, o que corresponde a 2,37 pontos, sendo negociadas a 112,77 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Exxon Mobil Corp (NYSE:XOM) adicionaram 1,68%, ou 1,43 pontos, terminando o dia em 86,60, e as da Apple Inc (NASDAQ:AAPL), que avançaram 1,44%, ou 3,13 pontos, no final das operações com 220,79.

O pior desempenho da sessão foi das ações da DowDuPont Inc (NYSE:DWDP), que caiu 2,14% ou 1,49 pontos, com os papéis sendo negociados a 68,20 em seu fechamento. Home Depot Inc (NYSE:HD) recuou 2,07%, ou 4,40 pontos, terminando em 207,99, e Procter & Gamble Company (NYSE:PG) diminuiu 1,81%, ou 1,55 pontos, para 84,27.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice S&P 500 foram Edwards Lifesciences Corporation (NYSE:EW), cujas ações subiram 7,67%, para 165,47, Alexion Pharmaceuticals Inc (NASDAQ:ALXN) subiu 5,34% para terminar em 128,51, e Chesapeake Energy Corporation (NYSE:CHK), que ganhou 5,18% para encerrar em 4,670.

Os piores desempenhos vieram de Michael Kors Holdings Limited (NYSE:KORS), que recuou 8,23% para 66,71 no final das operações. Em seguida, a empresa Newell Brands Inc (NYSE:NWL), que perdeu 6,36% e terminou em 20,45, e, por fim, a Comcast Corp (NASDAQ:CMCSA) que encerrou com recuo de 5,99%, para 35,63 no fechamento.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice NASDAQ Composite foram Amarin Corporation PLC (NASDAQ:AMRN), cujas ações subiram 314,72%, para 12,400, SAExploration Holdings Inc (NASDAQ:SAEX) subiu 284,34% para terminar em 28,710, e TMSR Holding Company Ltd (NASDAQ:TMSR), que ganhou 65,00% para encerrar em 3,30.

Os piores desempenhos vieram de Altimmune Inc (NASDAQ:ALT), que recuou 46,93% para 13,900 no final das operações. Em seguida, a empresa Astrotech Corp(NASDAQ:ASTC), que perdeu 40,43% e terminou em 3,330, e, por fim, a Cool Holdings Inc (NASDAQ:AWSM) que encerrou com recuo de 36,37%, para 12,090 no fechamento.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de Nova York com uma diferença de 2078 a 989, enquanto 101 terminaram sem alterações; já na NASDAQ, 1539 caíram contra 1073 que avançaram, enquanto 102 encerraram a sessão sem alterações.

As ações da Edwards Lifesciences Corporation (NYSE:EW) avançaram, alcançando seu máximo histórico; aumentando 7,67%, ou 11,79, para 165,47. As ações da Newell Brands Inc (NYSE:NWL) recuaram, alcançando seu mínimo de 5 anos; perdendo 6,36%, ou 1,39, para 20,45. As ações da Amarin Corporation PLC (NASDAQ:AMRN) avançaram, alcançando seu máximo de 5 anos; aumentando 314,72%, ou 9,410, para 12,400.

CBOE Volatility Index, que mede a volatilidade implícita das opções do índice S&P 500, acrescentou 4,62%, para 12.22.

Os contratos futuros de ouro para entrega em dezembro, subiram 0,16%, ou 1,90, para $1.203,20 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em novembro, avançou 2,05%, ou 1,45, para atingir $72,23 por barril, enquanto os futuros de petróleo brent para entrega em dezembro, avançaram 3,17%, ou 2,48, negociados a $80,72 por barril.

O par EUR/USD subiu 0,02% para 1,1751, enquanto o par USD/JPY avançou 0,16%, para 112,78.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, diminuiu 0,04% em 93,83.

Compartilhar no Linkedin