Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fabricante de hardware de mineração de Bitcoin lançará sua IPO nos EUA

Leandro França de Mello - 12/10/2019 - 16:00
Bitcoin Cripto
A demanda por equipamentos para mineração de criptoativos está em alta, animando o mercado a espera da IPO da Canaan que ocorrerá em novembro (Imagem: Pixabay)

Em julho, a Canaan, um dos maiores fabricantes mundiais de plataformas de mineração de criptomoedas entrou com um pedido de oferta pública inicial (IPO) junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Uma fonte anônima disse à agência de notícias chinesa 8BTC que a empresa, avaliada em US$ 1,5 bilhão, pretende emitir 1,26 bilhão de ações a serem fechadas em 20 de outubro. Conforme publicado pelo CryptoGlobe.

A fonte revelou que Canaan concluiu todo o trabalho processual da IPO no início do mês e que sua avaliação deve aumentar entre US$ 2 a US$ 3 bilhões após uma avaliação institucional.

Apesar do fabricante de mineração rival Bitmain ter falhado em executar sua própria IPO, os executivos da Canaan continuam confiantes de que sua emissão ocorrerá sem problemas. Kong Jianping, co-diretor de Canaan, comentou um relacionamento positivo com a SEC e disse que o órgão regulador dos EUA tem um bom entendimento sobre criptomoedas e blockchain.

A Canaan registra forte demanda por plataformas de mineração, apesar da queda nos preços do Bitcoin no último mês. Chen Feng, diretor de vendas de Canaan, disse ao 8BTC que a empresa recebeu cartas de intenção de mais de 500.000 unidades de suas mais recentes plataformas de mineração A10 e A11 e espera que esse número ultrapasse um milhão até o final do próximo ano. Com a mineração tendo voltado a ser lucrativa, leia mais aqui, a demanda por equipamentos ASIC tiveram sua demanda reaquecida no mercado.

Em 2017, estima-se que a empresa produziu 294.500 máquinas de mineração de Bitcoin em todo o mundo, respondendo por 20,9% da participação no mercado global. Com 19,5% do hashrate global, tornou-se o segundo maior produtor mundial de mineradores de criptomoeda.

Em 2018, a empresa anunciou o lançamento do primeiro ASIC bitcoin de 7nm do mundo e arrecadou mais de 4 bilhões de yuans (US$ 561 milhões) em vendas de mineradoras em 2018, de acordo com Shao Jianliang, diretor de negócios de blockchain de Canaan.

O IPO a ser lançado em novembro terá uma emissão inicial de US$ 200 milhões. De acordo com os números financeiros incluídos em seu pedido de abertura de capital em Hong Kong, o lucro bruto da Canaan em 2015, 2016 e 2017 foi de 13,88 milhões de yuans (aproximadamente US$ 2 milhões), 132 milhões de yuans (US$ 19 milhões) e 604 milhões de yuans (US$ 88) milhões), respectivamente.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
O Segredo das Criptomoedas

 

Última atualização por Leandro França de Mello - 11/10/2019 - 13:59