Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Europa: Mineradoras de ouro tem seu lugar ao sol

Investing.com Brasil - 25/06/2019 - 11:30
ETF iShares MSCI Global Mineradores de Ouro, que tomaremos como uma prévia aproximada para o setor, atingiu uma alta de três anos esta semana, acompanhando o aumento nos preços do ouro no mundo (Pixabay)

Por Geoffrey Smith/Investing.com 

A ETF iShares MSCI Global Mineradores de Ouro (RING), que tomaremos como uma prévia aproximada para o setor, atingiu uma alta de três anos esta semana, acompanhando o aumento nos preços do ouro no mundo. Um aumento de 28% somente no mês de maio.

barra de ouro, apesar de atingir uma alta de seis anos nesta manhã, subiu apenas 11% no mesmo período.

Minério de ferro apresenta nova queda de 1,18% na bolsa de Dalian

Parte da razão é a recuperação: o próprio ouro nunca caiu em desgraça com os investidores globais na mesma medida que as empresas de mineração de ouro fizeram nos últimos três anos. Mas, embora o ouro seja um investimento relativamente simples e precificado de maneira bastante justa na política monetária, na demanda de jóias e nas políticas de gestão de ativos dos bancos centrais, cada empresa tem seus próprios riscos operacionais e de governança, muitas vezes complicados pelo risco político nas jurisdições em que operam.

Os problemas são ilustrados pelos problemas da blue-listed Acacia Mining, listada no Reino Unido (ACAA), que foi desmembrada da Barrick Gold (GOLD) em 2010 com minas principalmente na Tanzânia. Em face disso, a empresa tem uma boa base de recursos e acesso a toda a expertise de sua controladora.

No entanto, tem sido incapaz de exportar minério de ouro da Tanzânia por dois anos devido a uma disputa com o governo.

As tentativas da Barrick de resolver o problema – oferecendo-se para comprar acionistas minoritários e negociando diretamente com a Tanzânia em favor de Acacia – parecem ter piorado ainda mais a situação: a Acacia divulgou uma declaração de 5.000 palavras na segunda-feira, culpando-a por seus problemas com o governo e acusando-a de tentar recomprar seus ativos a um preço baixo.

Isso explica em parte porque a Acacia sobe apenas 4,72% este ano, embora tenha subido 3,3% esta manhã, ajudada pela percepção de que ainda é barata. Por outro lado, a Harmony Gold Mining (HMY), amplamente livre de escândalos, que opera em grande parte na África do Sul, em alta de 2,46%. Da mesma forma, os mineradores russos Petropavlovsk (POG) e Polymetal (POLYP) – apesar dos incidentes passados ​​com os acionistas minoritários – aumentaram 56% e 19%, respectivamente, lucrando com uma pausa na retórica hostil vinda dos EUA em direção a seu país de origem.

O mercado aplica descontos acentuados nas bases de recursos das mineradoras – o valor de mercado da Acacia é de US$ 983 milhões, enquanto suas reservas de ouro provadas e prováveis ​​valem mais de US$ 7 bilhões a preços correntes, e tem mais centenas de milhões de dólares em prata e cobre em seus livros.

Mineiros com projetos mais especulativos podem negociar ainda mais barato. Isso significa que o lado positivo para os investidores pode ser enorme. No entanto, existem razões pelas quais o ouro é considerado porto seguro, e as empresas que o produzem não.

Última atualização por Rafael Borges - 25/06/2019 - 11:33