Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Europa: Mercados mistos já que indicadores de atividade não animam

Investing.com Brasil - 22/08/2019 - 11:29
As leituras de ‘momento’ dos índices dos gerentes de compra da IHS Markit para a França e a Alemanha superaram as expectativas (Imagem: Bloomberg)

Por Geoffrey Smith/Investing.com 

Os mercados acionários da Europa estavam amplamente mistos depois do início do pregão desta quinta-feira, com as pesquisas de negócios mais fortes do que o esperado nas duas maiores economias da zona do euro. O resultado, mesmo assim, não conseguiu gerar nenhum fator perceptível.

As leituras de ‘momento’ dos índices dos gerentes de compra da IHS Markit para a França e a Alemanha superaram as expectativas, tanto da indústria quanto de serviços, e sugeriram que a zona do euro evitará uma recessão apesar dos sinais de que a Alemanha, sua maior economia isolada, está destinada a uma.

Às 6h, a referência, o STOXX 600 caía 0,3%, enquanto o DAX alemão caía 0,2%. O FTSE 100, do Reino Unido, que foi atingido durante toda a semana por um barburinho político do “Brexit sem acordo”, caía 0,6%.

FTSE MIB da Itália liderou o caminho pelo segundo dia consecutivo, subindo 0,5% na esperança de que as eleições antecipadas possam ser evitadas. O presidente do país deve acenar o Partido Democrático, de centro-esquerda, na quinta-feira, sobre sua disposição de governar junto com o movimento 5 estrelas, algo que parecia altamente improvável até esta semana.

“A recuperação nos PMIs da zona do euro foi uma notícia levemente positiva, mas os detalhes continuam preocupantes”, disse Jan von Gerich, estrategista da Nordea Markets “A economia da zona do euro está fraca demais para gerar pressões inflacionárias significativas, o que significa que o BCE precisa fazer mais ”, disse ele. Ele acrescentou que os componentes voltados para o futuro do PMI de serviços também caíram, sugerindo que o único setor que sustentou a economia até agora neste ano agora também está hesitante.

Os mercados estavam em sua maioria em modo de espera, aguardando o início da conferência do Federal Reserve dos EUA em Jackson Hole, onde o presidente Jerome Powell ocupará o centro do palco na sexta-feira.

Entre os ganhadores de mais destaque ​​estavam o NMC Health (LON:NMC), um grupo de saúde listado em Londres focado no Oriente Médio, que subiu até 42% após um relatório não confirmado da Reuters de que dois concorrentes querem comprar até 40% do total da empresa de seus maiores acionistas com um prêmio substancial. As ações recuaram mais tarde, mas ainda subiam 26% no dia, depois que a companhia divulgou números trimestrais de acordo com o consenso.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em outras novidades do setor de saúde, a fabricante de dispositivos médicos Ambu (CSE:AMBUb) despencava quase 20% depois de alertar novamente sobre os lucros.

No ramo de energia, a Royal Dutch Shell (LON:RDSa) continuou dando mais um passo no mundo do fornecimento de eletricidade, pagando US$ 418 milhões pela ERM, uma fornecedora australiana de energia para consumidores comerciais. As duas usinas elétricas a gás da ERM fornecem um escoadouro natural rio abaixo para o gás que a Shell produz na região.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 22/08/2019 - 11:33