Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Europa: Ações fecham em baixa após alerta da Daimler e dados econômicos fracos

Reuters - 14/11/2019 - 15:18
Reino Unido Mercados Londres
Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,80%, a 7.292 pontos (Imagem: Reuters/Toby Melville)

As ações europeias fecharam em baixa nesta quinta-feira, com um alerta da montadora alemã Daimler e fracos dados econômicos em economias centrais aumentando preocupações com a desaceleração global.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,3%, com a maioria dos setores em baixa. As montadoras lideraram as perdas, com queda de 1,4%.

Daimler caiu cerca de 3%, maior declínio no índice DAX da Bolsa de Frankfurt, depois que a montadora disse que regras mais severas de emissões atingiriam o balanço em 2020 e 2021. A empresa informou ainda que estava cortando custos com pessoal nos negócios da Mercedes-Benz, com objetivo de economizar mais de 1 bilhão de euros.

“É sabido que a mudança para (veículo) elétrico será difícil, e não há um cronograma real sobre quando as empresas começarão a ver uma recuperação”, disse Ken Odeluga, analista de mercado do City Index em Londres.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para piorar o clima, a Alemanha, a maior economia da Europa, evitou recessão no terceiro trimestre apenas por pouco, enquanto indicadores de crescimento da China e do Japão permaneceram fracos, alimentando temores de uma desaceleração global.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,42%, a 1.585 pontos.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,80%, a 7.292 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,38%, a 13.180 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,10%, a 5.901 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,41%, a 23.481 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,23%, a 9.173 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,37%, a 5.274 pontos.

Última atualização por Bruno Andrade - 14/11/2019 - 15:18