Cotações por TradingView

Embraer opera em queda com JetBlue substituindo frotas por aviões da Airbus

Investing.com Brasil - 11/07/2018 - 11:15

Embraer

Por Investing.com – Desde o anúncio do acordo com a Boeing, as ações da Embraer (EMBR3) acumulam seguidas quedas na bolsa. No início da jornada desta quarta-feira, os papéis operam mais uma vez com perdas de 2,53% a R$ 21,98, liderando as perdas do Ibovespa. Agora, além das incertezas com a parceira, a companhia brasileira sofreu um novo revés.

A companhia aérea norte-americana JetBlue anunciou a compra de 60 jatos de corredor único A220-300, da Airbus. Esse foi o primeiro grande pedido recebido para o modelo que anteriormente era chamado de CSeries e que vai marcar a substituição de aviões da Embraer operados pela empresa.

Ontem, a Airbus anunciou que renomeou para A220 o modelo CSeries, da canadense Bombardier, que tem capacidade para 110 a 130 assentos. A Airbus assumiu o controle majoritário do deficitário programa de aeronaves da Bombardier. O negócio foi fechado em 1 de julho do ano passado.

Continua depois da publicidade

O A220 substituirá a frota atual da JetBlue de 60 aviões E190, da Embraer, com os jatos deixando de operar a partir de 2020. O triunfo do A220 sobre a Embraer prepara o terreno para uma competição acirrada entre a Airbus e a Boeing no mercado de aeronaves de corredor único.

“É uma decisão muito inteligente da parte da JetBlue porque o A220 é um avião extremamente flexível”, disse Henry Harteveldt, analista de frota do Atmosphere Research Group, acrescentando que se trata de um “avião completamente novo” com eficiência de combustível que permitiria à JetBlue transportar “mais 20 a 30 passageiros de graça””.

A JetBlue disse que a nova aeronave será montada nas instalações da Airbus no Alabama, mas não descreveu os detalhes financeiros do acordo.

Com Reuters.

Leia mais sobre: Aviação, Embraer, Empresas
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você