Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Em Recife, Salles reafirma empenho federal em limpar e monitorar óleo

Agência Brasil - 22/10/2019 - 16:41
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles
Salles destacou ainda que, desde o início, o Ministério fez a análise do óleo, a correlação com os barris que apareceram na costa e que em nenhuma medida deixou de ser tomada (Imagem: Reuters/Adriano Machado)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou na manhã desta terça-feira (22) em coletiva de imprensa, em Recife, que o governo federal está empenhando grandes esforços para a limpeza das praias, desde o início do aparecimento das primeiras manchas de óleo, em meados de setembro.

“O governo federal colocou todas as equipes, Ibama, Marinha, Petrobras (PETR3;PETR4), ICmBio, todos indicados a fazer o monitoramento dessas manchas e o recolhimento. Além disso, todos os esforços do ponto de vista de satélites – nacionais, estrangeiros, americanos –, a guarda costeira, a Marinha do Brasil desde o início em contato com outras guardas marinhas de outros países pra fazer o reconhecimento e a identificação da origem deste óleo”, disse o ministro.

Salles destacou ainda que, desde o início, o Ministério fez a análise do óleo, a correlação com os barris que apareceram na costa e que em nenhuma medida deixou de ser tomada.

“Muito pelo contrário, todos os esforços foram tomados. Hoje de manhã percorremos todo o litoral de Pernambuco. [Existe] apenas um ponto com resíduo de mancha sendo retirado”, completou.

Salles está na região com militares do Exército, da Marinha, equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Defesa Civil, prefeitura e voluntários.

Verba

O Ministério do Desenvolvimento Regional anunciou ontem (21) a liberação de R$ 2,58 milhões para o estado de Sergipe empregar na limpeza das praias atingidas pelo óleo cru que atingiu os nove estados da Região Nordeste.

A quantia representa pouco mais de 10% dos R$ 22 milhões que o governo estadual solicitou ao governo federal, na semana passada, para custear as atividades de limpeza, monitoramento, contenção e recolhimento do óleo que já vem realizando.

Também na segunda-feira, o presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, disse que um grupo de cerca de 5 mil militares da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército vão reforçar as ações de limpeza das praias atingidas.

Última atualização por Renan Dantas - 22/10/2019 - 16:41