Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Em primeiro discurso como chefe do BCE, Largarde elogia relevante crítico do banco

04/11/2019 - 21:56
Em fala que não tocou na política monetária, Lagarde honrou o compromisso do ex-ministro das Finanças da Alemanha Wolfgang Schaeuble com uma Europa unida (Imagem: REUTERS/Ralph Orlowski)

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, elogiou um dos principais críticos da instituição nesta segunda-feira, usando seu primeiro discurso desde que assumiu o BCE para sinalizar disposição de trabalhar com todos os lados.

Em fala que não tocou na política monetária, Lagarde honrou o compromisso do ex-ministro das Finanças da Alemanha Wolfgang Schaeuble com uma Europa unida e sua condição de estadista desde a queda do Muro de Berlim, o que permitiu a reunificação de uma Alemanha dividida.

Schaeuble, agora presidente do Bundestag (Parlamento alemão), costumava criticar o BCE quando o ministro das Finanças e os dois alemães no Conselho de Diretores do BCE se opunham regularmente à política monetária acomodatícia do ex-chefe do BC da zona do euro, Mario Draghi.

Embora Lagarde tenha evitado a questão da longa disputa do banco com a Alemanha, sua decisão de falar em Berlim dias depois de assumir o cargo em 1º de novembro provavelmente será vista como um simbólico ramo de oliveira e um sinal de que ela está disposta a consertar laços.

A Alemanha há muito tempo acusa o BCE, o banco central da zona do euro, de prejudicar os poupadores alemães ao manter as taxas de juros muito baixas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O BCE tem argumentado que, se a Alemanha apenas investisse mais em vez de gerar superávits orçamentários ano após ano, o crescimento econômico aceleraria e as taxas de juros poderiam aumentar mais rapidamente.

Embora Lagarde não tenha discutido política monetária em detalhes desde que foi indicada ao cargo, comentários iniciais sugerem que ela não planeja grandes mudanças até que o BCE possa realizar uma ampla revisão de sua política, meta e ferramentas.

Última atualização por Renan Dantas - 04/11/2019 - 21:56