Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Em junho, Sicredi volta a liderar Top 5 de expectativas para o IPCA, aponta BC

Investing.com Brasil - 10/07/2019 - 12:19
Em curto prazo a liderança ficou mais uma vez Banco Sicredi, com margem de erro de 0,0633 (Imagem: Divulgação/Facebook)

Por Investing.com 

O Banco Central divulgou nesta quarta-feira o Top 5 Mensal de junho com as principais instituições financeiras em relação às expectativas de mercado. Para o IPCA, no curto prazo, a liderança ficou mais uma vez Banco Sicredi, com margem de erro de 0,0633, seguido Banco ABC Brasil (ABCB4), Santander (SANB11), MCM Consultores e Porto Seguro (PSSA3) Investimentos.

Já no corte de médio prazo, o Banco JP Morgan ficou na primeira colocação, com margem de erro de 0,1273, seguido pelo Banco Fibira, BNP Paribas (PA:BNPP), BofA Merril Lynch e CM Capital Markets.

A top 5 vigente para o IPCA até a terça-feira era de 0,15% no curto prazo e de 0,23% no médio.

Considerando o IGP-M de curto prazo, o Top 5 de maio é novamente liderado pela SPX Capital, com margem de erro de 0,1083, seguida pelo Haitong Banco de Investimentos, Banco Votorantim, Tendências Consultoria e LCA Consultoria.

Já para o médio prazo do índice de correção dos aluguéis, a Sul América (SULA11) Investimentos ficou com a primeira colocação, com margem de erro de 0,2807. Na segunda posição ficou o 4E Consult, seguido da UBS Brasil Corretora, Banco do Brasil (BBAS3) e Banco Bradesco (BBDC4).

A top 5 vigente para o IGP-M até a terça-feira era de 0,27% no curto prazo e de 0,20% no médio.

Para a taxa de câmbio, a liderança no curto prazo de maio ficou mais uma vez para o Banco do Brasil, com margem de erro de 0,0401, seguido do Novus Capital, Barclays(LON:BARC) Bank, MCM Consultores e, a quinta colocação, para a Vinci Gestora.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Já para o médio prazo da moeda norte-americana, a liderança no mês passado ficou de novo para o BNP Paribas AM, com margem de erro de 0,0490. Já o segundo lugar ficou para o Banco do Brasil, seguido por, Barclays Bank, Daycoval AM e pelo Banco MUFG Brasil.

A top 5 vigente para o câmbio até a quinta-feira era de R$ 3,85 no curto prazo e de R$ 3,90 no médio.

Última atualização por Rafael Borges - 10/07/2019 - 12:19