Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

Dólar luta para permanecer em máxima de cinco meses

Investing.com Brasil - 22/05/2018 - 14:14

Por Investing.com – O dólar norte-americano lutava para ficar próximo à máxima de cinco meses nesta terça-feira (22), já que investidores aguardam atas do Fed.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, tinha alta de 0,04% e chegava a 93,50 às 12h21.

O Federal Reserve irá divulgar as atas da mais recente reunião de política monetária na quarta-feira. Investidores irão observá-las atentamente na busca de qualquer sinal de aperto na política monetária.

O aumento recente dos rendimentos dos títulos, combinado com dados econômicos positivos e o fortalecimento da inflação, aumentou as expectativas de que o Federal Reserve irá endurecer a política monetária.

O Fed elevou as taxas de juros em março e deverá realizar mais dois aumentos ainda neste ano, com alguns investidores esperando um terceiro aumento.

Expectativas de taxas de juros mais altas tendem a impulsionar o dólar por tornarem a moeda norte-americana mais atrativa a investidores que buscam bons rendimentos.

Investidores também aguardam o discurso de Jerome Powell, presidente do Fed, que participará de um painel de discussão sobre “Estabilidade financeira e transparência de Bancos Centrais” na conferência Sveriges Riskbank em Estocolmo, na Suécia, na sexta-feira.

O dólar estava em alta frente ao iene, considerado porto seguro, com o par USD/JPYavançando 0,01% para 111,06.

O euro estava em baixa devido a incertezas políticas na Itália e a uma operação venda de ações, com o par EUR/USD recuando 0,10% para 1,1779.

A libra esterlina estava em ligeira alta após o depoimento de Mark Carney, presidente do Banco da Inglaterra, no qual ele repetiu os comentários da entrevista coletiva após a decisão do banco central de não aumentar as taxas de juros no início deste mês. O par GBP/USD avançava 0,01% para 1,3426.

Leia mais sobre: Câmbio, Dólar, Mercados
 
Últimas Notícias