Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

Dólar atinge máxima de 14 meses em meio à trepidação turca

Investing.com Brasil - 15/08/2018 - 10:11
Dólar

Por Investing.com – O dólar subia à máxima de 14 meses frente a uma cesta de moedas na quarta-feira, já que temores sobre o impacto da crise cambial da Turquia e as tensões do comércio global reforçavam a demanda por portos seguros.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,12% para 96,67 às 09h46 após ter subido mais cedo a 96,81, nível mais alto desde o final de junho de 2017.

O dólar foi impulsionado pela fraqueza do euro, que tem sido pressionado por temores quanto à exposição dos bancos europeus à Turquia.

O par EUR/USD atingiu a mínima de 1,1309, nível mais fraco desde 5 de julho de 2017, e estava cotado a 1,1322, queda de 0,2% no dia.

A moeda norte-americana estava em baixa frente ao iene, considerado porto seguro, com o par USD/JPY recuando 0,2% para 110,93.

Os investidores muitas vezes recorrem à moeda japonesa durante os períodos de turbulência financeira ou política.

Os ganhos no dólar aconteciam enquanto a lira turca ampliava uma recuperação modesta, com o par USD/TRY atingindo uma mínima intradiária de 5,9230, antes de recuar para 6,1263.

Foi a primeira vez que a lira voltou a ficar abaixo do nível psicologicamente importante de 6 liras por dólar desde que caiu à mínima recorde na segunda-feira.

A lira se fortaleceu depois que a Turquia impôs tarifas adicionais sobre algumas importações dos EUA, aumentando uma disputa diplomática com Washington.

O vice-presidente do país disse que as medidas são uma retaliação pelos “ataques deliberados” do governo dos EUA sobre a economia turca nas últimas semanas.

A moeda também encontrou algum apoio depois que os reguladores financeiros da Turquia impuseram novas restrições aos bancos do país, tornando mais difícil para alguns investidores apostarem contra os ativos turcos.

A deterioração das relações entre os EUA e Ancara e preocupações com o crescente controle do presidente turco Tayyip Erdogan sobre a política monetária e a economia fizeram a lira despencar mais de 40% neste ano.

A libra era negociada perto da mínima de 13 meses, já que o dólar amplamente mais forte e preocupações com a crescente perspectiva de um Brexit sem acordo pesavam.

O par GBP/USD estava cotado a 1,2702 após ter caído à mínima de 1,2692 durante a noite.

A libra esterlina deixava de lado dados mostrando que a inflação anual no Reino Unido subiu 2,5% em julho, ante 2,4% em junho, o primeiro aumento em base anual em 2018.

Enquanto isso, dados divulgados na quarta-feira mostraram que as vendas no varejo nos EUA subiram 0,5% em julho, mais do que o esperado, reforçando o otimismo em relação às perspectivas econômicas.

Outro relatório mostrou que a atividade empresarial permaneceu robusta no Estado de Nova York este mês, com o índice da atividade industrial Empire State subindo para 25,6.

Leia mais sobre: Dólar, Economia, Internacional, Turquia
 
Últimas Notícias