Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Dividendos do Bradesco devem crescer e ação subir mais de 40%, dizem UBS e Credit Suisse

07/10/2019 - 14:44
Analistas avaliam distribuição de proventos pelo banco (Imagem: Bloomberg)

Em decorrência da distribuição de dividendos extraordinários pelo Bradesco (BBDC4), o UBS publicou relatório avaliando o pagamento de US$ 8 bilhões em proventos.

Para os analistas Philip Finch e Kaio Prato, “não pode-se descartar que o banco adote uma política superior de pagamento de dividendos nos próximos anos”.

“Acreditamos que a melhor alocação de capital deverá ter impacto marginalmente positivo no RoE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) do Bradesco”, aponta o banco suíço.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Neste contexto, a lucratividade do Bradesco deverá ser aumentada em aproximadamente 40 pontos-base, conforme os cálculos do UBS.

R$ 6 bilhões

Além disso, os analistas ponderam que o banco poderá ter seu balanço de ativos fortalecido com a reavaliação tributária do aumento de 5 pontos percentuais da CSLL. “Calculamos que cerca de R$ 6 bilhões deverão ser reavaliados”, dizem Finch e Prato, prevendo que a quantia deverá ser usada para “provisões operacionais”.

A recomendação para a ação é neutra, com preço-alvo de R$ 40,00 em doze meses. Caso as estimativas se concretizem, o papel deverá subir cerca de 22,8%.

Otimismo predomina

Por sua vez, o Credit Suisse projeta que as ações do Bradesco – no cenário mais otimista do banco – poderão subir nada menos que 58,6% em doze meses, com preço-alvo de R$ 51,67.

Já o cenário-base do banco contempla estimativa de preço-alvo de R$ 46,67 – potencial de valorização de 43,2% em relação ao último fechamento.

A recomendação do analista Marcelo Telles é outperform (desempenho acima da média do mercado).

Última atualização por Diana Cheng - 07/10/2019 - 15:40