Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Dividendos: As 3 melhores pagadoras entre 44 indicadas por 14 analistas

Gustavo Kahil - 08/04/2019 - 12:04
Foram 44 empresas selecionadas pelo menos uma vez pelos profissionais do mercado

As ações boas pagadoras de dividendos sempre estão entre as mais desejadas do mercado. São papéis que podem garantir retorno a despeito da oscilação e sempre estão no radar dos investidores.

Money Times preparou para você o maior levantamento do Brasil com as indicações de 14 analistas de bancos, corretoras e consultorias, para identificar as mais desejadas dentre todo o universo negociado na B3.

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

Foram 44 empresas selecionadas pelo menos uma vez pelos profissionais do mercado. Das 89 sugestões, conseguimos extrair as três que foram mais lembradas.

Continua depois da publicidade

Em relação ao mês de março, as novidades são MRV (MRVE3) e Taesa (TAEE11). Deixaram o ranking o Banco do Brasil (BBAS3) e o Banrisul (BRSR6).

Veja, a seguir, um pouco mais sobre elas:

MRV

Com cinco indicações para abril, a MRV (MRVE3) entra na lista se mais indicadas do mês em abril. A Elite Investimentos ressalta que a empresa continua muito barata para ser ignorada.

“Conhecida pela importância do Programa Minha Casa Minha Vida em suas operações, o temor dos investidores talvez esteja na visão equivocada de que a companhia dependa exclusivamente do desenvolvimento do projeto, que aparentemente não será uma grande prioridade do governo. É justamente sob essa perspectiva que a companhia diversificará os novos empreendimentos que se enquadrem um nível acima do MCMV, negociados na faixa ente R$ 350 mil e R$ 400 mil”, destaca a corretora.

Além disso, a Terra Investimentos opina que a nova regra nos distratos deve aumentar em até  50% a multa do valor desembolsado, o que pode favorecer os resultados no longo prazo.

Taesa

A Taesa (TAEE11) também foi lembrada por cinco analistas para este mês. Para o Bradesco BBI, a empresa oferece maior previsibilidade em seus resultados, considerando sua atuação no mercado de transmissão de energia.

“Entendemos que a Taesa está bem posicionada para se beneficiar da necessidade de investimentos no setor, podendo entrar em novos projetos nos próximos anos, ou até mesmo aproveitar oportunidades de M&A (fusões e aquisições) para acelerar seu crescimento”, aponta o banco.

Engie

Engie

A Engie (EGIE3) voltou a participar do ranking das mais indicadas para o mês. A Guide Investimentos ressalta que a empresa segue melhorando sua estrutura de capital, investindo em energia contratada a fim de reduzir a volatilidade dos preços no segmento de geração.

“Além disso, vale destacar o dividend yield atrativo do ativo (próximo de 7,3% nos próximos 12 meses). A Engie tem uma das melhores administrações entre as empresas do setor elétrico, está bem posicionada contra o risco hídrico e mantém ótima perspectiva de fluxo de dividendos”, destaca em análise.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você