Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Declarações do presidente da Oi abalam confiança de investidores

11/12/2019 - 11:37
Oi
Teles, que deixará o comando da operadora em janeiro de 2020, garantiu que sua saída não tem ligação com a investigação da Polícia Federal (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares)

As declarações mais recentes feitas pelo atual presidente da Oi (OIBR3;OIBR4), Eurico Teles, sobre as dificuldades em gerir a companhia prejudicam a confiança dos investidores, disse a Guide Investimentos.

Em entrevista convocada após a Polícia Federal ter deflagrado a nova fase da Operação Lava Jato, da qual a Oi é alvo, Teles disse que a companhia “é só pepino”, e por isso “foi para recuperação judicial”.

“Tinha dívida imensa, receita decadente, serviço fixo decadente”, listou o executivo.

Teles, que deixará o comando da operadora em janeiro de 2020, garantiu que sua saída não tem ligação com a investigação da Polícia Federal.

“Um termo de transição foi protocolado na justiça e homologado em julho. Ele já apontava para isso [a saída] e vou ficar na companhia até 30 de janeiro”, afirmou.

O novo diretor-presidente será escolhido pelo conselho de administração da Oi, mas se espera que o atual COO, Rodrigo Abreu, assuma o comando.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Às 11h44 desta quarta-feira (11), as ações ordinárias da companhia recuavam 2,13% a R$ 0,92, enquanto os papéis preferenciais caíam R$ 0,81% a R$ 1,22.

Última atualização por Diana Cheng - 11/12/2019 - 11:46