Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Crise argentina impulsiona a adoção do Bitcoin

Leandro França de Mello - 10/09/2019 - 15:00
A crise cambial argentina tem impulsionado as transações e preço do Bitcoin (Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian)

Por conta da crise econômica e cambial na Argentina, o Bitcoin está sendo negociado a um prêmio de US$ 1.200 acima do preço à vista nas corretoras argentinas. O preço explodiu para US$ 12.750 por BTC – um prêmio total de US$ 2250 – imediatamente após o presidente argentino Mauricio Macri anunciar que seu governo restabeleceria restrições às compras de moedas estrangeiras.

Colocados em vigor na segunda-feira, 2 de setembro, os controles proíbem os argentinos de comprar mais de US$ 10.000 por mês sem permissão expressa do banco central, informou o Clarín e estabelecem prazos para a remessa de ganhos estrangeiros para os exportadores.

O rali marca a segunda vez em um mês que o Bitcoin subiu diante dos problemas econômicos na Argentina, logo após um resultado chocante nas eleições de meados de agosto que fez o Peso despencar mais de 15% em relação ao dólar.

Uma série de fatores tem levado os argentino a lançarem mão do Bitcoin como proteção:

– Inflação batendo em 55% este ano

– Bolsa de valores caiu 40% em um dia

– Banco Central sem dinheiro

– Inadimplência por dívida em alta

– Controles de capital implementados

Com informações do Cryptowatch.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
O Segredo das Criptomoedas

Última atualização por Leandro França de Mello - 09/09/2019 - 23:42