Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

MRV já rendeu o que podia e é hora de dar um tempo, diz Credit Suisse

14/11/2019 - 10:47
Forte alta das ações da MRV no ano e mudança de cenário recomendam cautela, segundo o Credit Suisse (Divulgação)

O Credit Suisse cortou o preço-alvo das ações da MRV (MRVE3) de R$ 18 para R$ 16,50 nos próximos 12 meses. Como os papéis fecharam em R$ 17,50 nesta quarta-feira (13), a nova estimativa indica um potencial de desvalorização de 5,7% no período.

Além disso, rebaixou a recomendação dos papéis de outperform (desempenho esperado acima da média do mercado) para underperform (abaixo da média). O banco suíço lista três motivos para o pessimismo com a incorporadora.

O primeiro é a velocidade de vendas de novos imóveis, abaixo do desejável, segundo os analistas. Em seguida, está a necessidade de a MRV se ajustar a um ciclo mais longo de retomada do mercado imobiliário brasileiro.

Por fim, a MRV, conhecida como uma das grandes participantes do Programa Minha Casa, Minha Vida, pode enfrentar problemas ao migrar para um nicho de mercado com imóveis mais caros, demandados por compradores de maior renda. Um dos riscos, segundo o Credit Suisse, é pressionar o ROE (Retorno sobre Patrimônio, na sigla em inglês) no curto e médio prazos.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

“O posicionamento da companhia no segmento de baixa renda poderia jogar contra a rentabilidade neste novo cenário de financiamento. Desde janeiro, as ações subiram 27%, versus 13% do Ibovespa. Acreditamos que é hora de dar uma respirada”, afirma o banco, em relatório divulgado nesta quinta-feira (14).

Veja o relatório do Credit Suisse sobre a MRV.

Última atualização por Márcio Juliboni - 14/11/2019 - 11:48