Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Credit Suisse: B3 deverá entregar sólido resultado no segundo trimestre

Valter Outeiro da Silveira - 17/07/2019 - 10:43
Analistas projetam alta nas receitas de ações e derivativos (Imagem: B3)

O Credit Suisse divulgou relatório de atualização de estimativas sobe a B3 (B3SA3), no qual os analistas Marcelo Telles, Daniel Federle, Otavio Tanganelli, Alonso Garcia e Felipe Cheng divulgam suas perspectivas para a companhia.

Para o banco suíço, a B3 deverá desfrutar de panorama “muito mais promissor”, diante da perspectiva de “melhor horizonte para ações e derivativos”.

Como decorrência, os analistas elevaram o preço-alvo para as ações da bolsa, de R$ 35,00 para R$ 48,00 – upside de 15,8% conforme o último fechamento. No cenário extremamente otimista, as ações poderiam chegar a nada menos que R$ 56,00 – upside de 35,1%.

A recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) foi mantida pelo Credit Suisse.

Ações descontadas

A instituição destaca a projeção de lucro mais otimista, diante da perspectiva de maiores volumes a serem praticados pela B3. “Nosso preço-alvo avalia a ação com múltiplo P/L (Preço sobre Lucro) de 25 vezes, o que implica ausência de desconto em relação às bolsas globais”, diz o Credit Suisse, destacando que a ação é negociada atualmente em 22 vezes o P/L, com 11% de desconto em relação aos pares interacionais.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em relação ao resultado operacional, a instituição pondera que a B3 deverá entregar “sólido resultado no segundo trimestre de 2019”. “Projetamos lucro líquido de R$ 830 milhões, alta de 12,7% na base trimestral e 7,2% acima das estimativas do mercado”, afirmam o banco.

Por fim, os analistas listam os riscos para a tese de investimento: não aprovação da reforma da Previdência e maior competição no segmento da Bovespa.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 17/07/2019 - 11:03