Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CPI ouve presidente do BNDES na gestão Temer

Agência Câmara - 22/04/2019 - 13:39
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES ouvirá nesta terça-feira (23) o ex-presidente do banco Paulo Rabello de Castro

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES ouve nesta terça-feira (23) o ex-presidente do banco Paulo Rabello de Castro. Ele dirigiu a instituição no governo Michel Temer.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O objetivo da CPI é investigar contratos firmados pelo banco de fomento entre 2003 e 2015, com ênfase nos acordos internacionais. São projetos em países como Gana, Guiné Equatorial, Venezuela, República Dominicana e Cuba. Empreiteiras brasileiras obtiveram financiamento para obras no exterior. A justificativa para o investimento seriam contrapartidas que colaborassem para o desenvolvimento econômico e social do país.

Na semana passada, integrantes da comissão estiveram no Rio de Janeiro para obter esclarecimentos sobre as normas do banco para concessão de empréstimos internacionais. “Foi uma grande oportunidade para esclarecermos dúvidas que ainda existem sobre os trâmites no BNDES”, afirmou a vice-presidente da comissão, deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF).

No início do mês, a CPI ouviu o economista Demian Fiocca, que presidiu o BNDES entre 2006 e 2007. Ele negou as acusações de influência do governo na instituição e afirmou que a política de financiamentos do banco é impessoal.

A CPI é presidida pelo deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) e tem como relator o deputado Altineu Côrtes (PR-RJ).

A audiência será realizada no plenário 9 a partir das 14h30.

Leia mais sobre: BNDES, Michel Temer, Política

Última atualização por Diana Cheng - 22/04/2019 - 13:39