Últimas Notícias Comprar ou vender Finanças Pessoais Criptomoedas Economia Política

Empresas

Conselho da Eletrobras aprovará venda de 77 SPEs no dia 24

Agência Estado - 14/11/2017 - 13:49

A Eletrobras pretende aprovar na reunião do Conselho de Administração do dia 24 de novembro a venda de 77 sociedades de propósito específico (SPEs), sendo 60 de geração e 17 de transmissão de energia. Segundo o presidente da empresa, Wilson Ferreira Júnior, o valor contábil das empresas é de R$ 4,6 bilhões.

Ele informou que o leilão das seis distribuidoras de energia elétrica que serão privatizadas ocorrerá em abril e que a venda não seria possível se a Eletrobras não ficasse com metade da dívida das empresas, ou R$ 11,8 bilhões.

Segundo Ferreira, assumir a dívida das distribuidoras não vai atrapalhar a privatização da Eletrobras, prevista para o segundo semestre de 2018, e apontou dados positivos já registrados na companhia, mas que vão melhorar até o ano que vem.

Desde que Ferreira chegou, há um ano, a relação divida líquida/Ebitda caiu de 8,5 vezes para 4,1 vezes, com meta de bater em 4 vezes em dezembro. E a tendência, de acordo com o executivo, é chegar no final de 2018 com essa relação entre 3 vezes e 2,5 vezes.

Angra 3

A Eletrobras paga mensalmente R$ 30 milhões ao BNDES por um financiamento feito para a usina nuclear Angra 3, ativo que não pode ser vendido por entrave constitucional. De acordo com o presidente da Eletrobras, como a usina nuclear ainda não gera energia esse encargo está pesando nas contas da holding.

A solução, segundo Ferreira, é terminar a obra para começar a entrar dinheiro no caixa da Eletrobras. Para isso, no entanto, será necessário aumentar a tarifa. “Ninguém vai querer entrar como parceiro financeiro com essa tarifa, tem que ser de pelo menos R$ 400, contra os R$ 250 de hoje”, disse Ferreira.

(Por Denise Luna)

Leia mais sobre: Eletrobras, Empresas, Setor Elétrico
 

Últimas Notícias