Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Conflitos comerciais travam crescimento das cadeias globais de valor, diz Banco Mundial

Reuters - 08/10/2019 - 21:59
Em um novo relatório, o Banco Mundial disse que as cadeias globais de valor -que espalham os processos de produção de mercadorias por vários países- cresceram rapidamente de 1990 a 2007 (Imagem: REUTERS/Yuri Gripas)

O crescimento das cadeias globais de valor, importantes impulsionadoras do comércio e da redução da pobreza nos países emergentes, ficou amplamente estagnado na última década e está ameaçado por conflitos comerciais e novas tecnologias emergentes, informou o Banco Mundial nesta terça-feira.

Em um novo relatório, o Banco Mundial disse que as cadeias globais de valor -que espalham os processos de produção de mercadorias por vários países- cresceram rapidamente de 1990 a 2007, quando a redução das barreiras comerciais e a melhoria da tecnologia da informação e das ligações de transporte influenciaram os fabricantes, representando metade de todo o comércio.

Mas isso foi revertido nos últimos anos, em parte devido ao crescimento econômico mais lento e ao amadurecimento da manufatura em regiões dinâmicas como a China. Os conflitos comerciais entre as grandes economias contribuíram para o declínio e podem levar a uma redução ou uma segmentação das cadeias globais de valor (CGVs, na sigla em inglês).

O relatório informou que essas rupturas já estavam acontecendo como resultado do conflito comercial EUA-China.

“Se o conflito comercial piorar e causar uma queda na confiança dos investidores, os efeitos no crescimento global e na pobreza podem ser significativos -mais de 30 milhões de pessoas podem ser empurradas para a pobreza”, afirmou o Banco Mundial no relatório. “E a renda global pode cair em até 1,4 trilhão de dólares.”

A referência de pobreza do credor multilateral é medida com níveis de renda abaixo de 5,50 dólares por dia.

O aumento da proteção provavelmente induziria o repatriamento das cadeias globais de valor ou as mudaria para novos locais, a menos que a previsibilidade das políticas fosse restaurada.

O relatório do Banco Mundial segue um aviso direto da nova diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (Imagem: REUTERS/Yuri Gripas)

A paralisação das cadeias globais de valor é uma má notícia para os países emergentes que participam delas, pois eles foram os que tiveram os maiores declínios na pobreza, incluindo China, Vietnã e Bangladesh, de acordo com o relatório.

O relatório do Banco Mundial segue um aviso direto da nova diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, de que os conflitos comerciais estavam causando uma “desaceleração sincronizada” da economia global que poderia piorar substancialmente se não fossem resolvidos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Existem outras ameaças sérias às cadeias globais de valor, incluindo novas tecnologias, como a impressão em 3D, que podem aproximar a produção do consumidor, acrescentou o relatório do Banco Mundial.

Última atualização por Renan Dantas - 08/10/2019 - 22:00