Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Como poupar dinheiro economizando no plano de celular?

Opinião - 08/05/2019 - 16:14

Por App Renda Fixa

O custo de vida dos brasileiros está ficando mais caro. Itens como o aluguel, plano de saúde, educação e gasolina subiram mais que o valor do salário, fazendo com que as famílias tenham que rebolar para fechar as contas ao final de cada mês.

Com um orçamento mais apertado, é preciso encontrar formas de economizar e continuar mantendo todos os serviços básicos que a família demanda no dia a dia. Mas você sabe como fazer isso?

Reunimos algumas dicas de como poupar dinheiro economizando no plano de celular e conseguir equilibrar as contas e até mesmo começar a investir.

Resultados com economia no plano de celular aparecem em longo prazo

Se você colocar tudo na ponta do lápis, pode até tomar um susto! Afinal, economizar no plano de celular pode girar em torno de R$ 20 ou R$ 30 por mês.

Além disso, quando falamos de dinheiro, não dá para pensar só no aqui e agora. Como tudo que envolve finanças, é preciso projetar os resultados futuros, planejando a economia que será feita em longo prazo.

Por exemplo: se você conseguir reduzir R$ 20 na conta do plano de celular, em um ano, terá poupado R$ 240. Com esse dinheiro já dá para quitar a taxa de licenciamento do carro, por exemplo, ou mesmo investir no tesouro direito e ver essa economia render um pouco mais de dinheiro.

Está em dúvida se é melhor aproveitar a vida ou poupar dinheiro? Dá para fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Saiba como em nosso artigo sobre o assunto.

7 dicas para poupar dinheiro economizando no plano de celular

Pronto para começar a poupar dinheiro economizando no plano de celular e garantir um extra no final do ano? Então pegue papel e caneta, chame a família toda e comece agora mesmo a colocar as nossas dicas em prática.

Pode parecer difícil gastar menos com os celulares, mas é bem fácil do que você imagina e dá para transformar todo o orçamento financeiro com algumas mudanças simples de hábitos diários. Confira!

Quer concorrer a R$ 300? Responda esta pesquisa sobre investimentos em 2 minutos

Exclusivo: O segredo para ganhar com Petrobras em qualquer cenário

1. Compare o custo-benefício dos planos oferecidos na sua região

E economia no plano de celular deve começar antes mesmo da contratação. Quando for pesquisar ofertas de telefonia, compare todas as opções disponíveis na cidade.

Avalie os planos com condições semelhantes (minutos de ligação e dados de navegação) e veja qual oferece melhor custo-benefício. Cada operadora, como Tim, Vivo, Oi e Claro, por exemplo, possui ofertas e preços diferentes para cada cidade.

É surpreendente, mas dá para economizar até 70% quando se faz uma pesquisa minuciosa de preço e busca do melhor plano para você e sua família.

Você pode analisar os preços nos sites das próprias operadoras ou em lojas dessas empresas, conversando com os consultores para montar um plano personalizado. Para quem prefere mais praticidades, existem sites de comparação, que avaliam automaticamente as ofertas da sua cidade.

O importante é buscar bastante informações para a melhor tomada de decisão na escolha do plano.

2. Menos é mais: contrate somente o que precisa usar

O que parece mais vantajoso: um plano de 6 GB a R$ 100 por mês ou um de 3 GB a R$ 70? Pensando rapidamente, a resposta óbvia seria a primeira, correto? Mas isso só é verdade se você realmente precisa de um pacote desse tamanho.

Para quem usa, em média, 2 GB por mês, o segundo plano é mais do que suficiente e ainda gera uma economia de R$ 30.

Quando vemos ofertas maiores, com mais minutos e um limite de dados maior, acabamos contratando, na ilusão de estarmos economizando, já que, na teoria, o valor dos serviços fica maior.

Mas se a gente não aproveita o pacote todo, na verdade, estamos apenas dando mais dinheiro para a operadora e pagando uma conta desnecessária.

Antes de contratar, verifique o que você usa e só feche um pacote com os serviços que precisa. Isso vale também para benefícios adicionais, como proteção de antivírus e serviços de armazenamento em nuvem – que encarecem a oferta.

Com o simulador de consumo de internet móvel, você consegue avaliar melhor o pacote que precisará contratar.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

3. Para crianças e adolescentes, priorize os planos pré-pago e controle

Hoje em dia, até mesmo as crianças possuem um telefone celular, seja para falar com os pais em situações de emergência ou para assistir os vídeos favoritos no YouTube Kids.

A tecnologia já faz parte do dia a dia de todo mundo e não dá mais para desconsiderar os filhos na hora de contratar serviços de telecomunicação.

Entretanto, para crianças e adolescentes, o plano de celular pode ser mais econômico, sem pesar tanto o orçamento familiar.

Para os filhos, priorize planos Pré-pago ou Controle, estabelecendo um limite mensal de gastos. É um jeito simples de negociar o uso de telefone e disponibilizar telefones para eles, sem precisar gastar muito.

4. Avalie os benefícios do Plano Família

Planos pré-pago e controle são apenas uma opção para quem tem filhos. Os planos família, que já são oferecidos por várias operadoras, também podem representar uma alternativa bastante vantajosa para quem quer economizar com o celular.

Ao contratar esse modelo de oferta, fique atento às condições. Em algumas operadoras, a franquia de internet é compartilhada por todos os usuários, enquanto outras oferecem um determinado volume de dados pré-estabelecido para cada um.

Essa pode ser uma forma interessante de economizar com plano de celular, já que é possível somar toda a franquia que a família precisa e conseguir condições mais atrativas.

5. Se utiliza muitos serviços, contrate Combos

Se além do celular, você precisa de internet banda larga e TV por assinatura, considere a contratação de um combo.

Os combos costumam oferecer preços mais baratos de cada serviço, sendo uma alternativa interessante para quem usa mais de uma plataforma da mesma operadora. Em vez de contratar ofertas separadas, contrate tudo em único pacote e economize.

Além de poupar dinheiro, essa opção é mais prática, já que a cobrança é feita em uma única fatura.

6. Use aplicativos para ajudar a controlar o uso dos serviços

Outra opção para quem precisa poupar dinheiro economizando no plano de celular é acompanhar os gastos mensais com o auxílio de aplicativos.

As operadoras oferecem, em seus aplicativos, ferramentas que ajudam a controlar os gastos e a acompanhar o uso do pacote de dados e minutos de ligações.

Com eles, o usuário consegue acessar gráficos de consumo, que mostram a performance de cada linha e também o total de franquia ainda disponível para utilização até o final do mês.

Além de ajudar a controlar o uso do plano, essa é uma forma de verificar se você fez a contratação adequada ou se é preciso migrar para uma oferta maior ou menos.

Atualmente, todas as grandes operadoras possuem esse tipo de ferramenta: Minha Claro, Meu Nextel, Minha Oi, Meu TIM, Meu Vivo.

7. Faça um planejamento mensal de gastos

Essa, talvez, seja a dica mais importante para quem precisa economizar no plano de celular e deve envolver todos os moradores da casa.

Infelizmente, nem todo mundo faz um planejamento mensal de despesas, e vai gastando de forma descontrolada. O resultado é que as contas simplesmente não batem, e a família se vê com gastos maiores do que a renda.

Para esse problema não virar uma grande bola de neve, com a necessidade de solicitar empréstimos para cobrir as despesas, comece agora mesmo a fazer um planejamento mensal de gastos.

Alguns passos podem te ajudar a organizar melhor as finanças:

Defina como a planilha será feita

Use aplicativos online, tabelas de Excel ou até mesmo um caderno. O importante é conseguir registrar todos os seus gastos e começar a controlar suas despesas.

Registre todos as despesas

Nessa planilha, lance todos os seus gastos, incluindo despesas fixas e mensais. Lembre-se de já anotar um valor, mesmo que seja apenas uma projeção.

Nesse momento, defina o quanto você quer gastar com o plano de celular e, a partir daí, escolha a oferta que mais se adequa ao orçamento disponível.

Compare as despesas com a sua renda

Com todas as despesas registradas, é hora de somar o valor total e comparar com o que você tem de recursos disponíveis.

É essencial conseguir gastar menos do que se ganha e ainda se organizar para poupar um pouco a cada mês e formar uma reserva de emergência.

Se você está gastando mais do que pode, veja onde pode economizar e reduzir custos. Nesse processo, é muito importante que todos os membros da família participem, dando sugestões de como economizar e se adequar à própria realidade financeira.

O plano de celular é apenas um dos itens que podem garantir economia. Utilize essas dicas com outros serviços e veja que é possível, sim, transformar a sua relação com o dinheiro, sair do vermelho e começar até mesmo a investir.

Última atualização por Diana Cheng - 08/05/2019 - 16:14