Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Comissão debate em audiência a demissão de contratados da Furnas

09/12/2019 - 8:20
Senado Congresso Brasília Política
A audiência será realizada às 16 horas, no plenário 3 (Imagem: Reuters/Jorge Silva)

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta tarde para discutir a demissão de 1.041 trabalhadores contratados de Furnas. O debate atende requerimento dos deputados Alencar Santana Braga (PT-SP), Leonardo Monteiro (PT-MG) e Erika Kokay (PT-DF).

Os parlamentares lembram que, em outubro deste ano, a Eletrobras (ELET3) soltou um comunicado confirmando que Furnas gastaria mais de R$ 430 milhões no desligamento desses funcionários contratados, o que fazendo uma simples média, daria por volta de R$ 430 mil para cada funcionário.

“Quem não optasse por essa indenização seria demitido sumariamente recebendo apenas as verbas rescisórias. Outro ponto importante é que a empresa também não mais irá contratar os concursados que estavam contemplados no acordo”, observam os autores do requerimento para realização da audiência.

Passivo trabalhista

“O primeiro problema nessa questão é que o payback da operação está descrito como sendo de um ano e meio, porém como Furnas irá demitir todos estes contratados, ela precisará fazer uma contratação de serviços que ainda tem valores desconhecidos”, avaliam os deputados.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para eles, além dos R$ 430 milhões ainda serão gastos outros valores para recompor as áreas essenciais de operação da empresa. “O segundo problema se dá pelo fato de que os concursados que estão na fila para serem chamados não mais serão e provavelmente ingressarão judicialmente aumentando o passivo da empresa”, observam.

Debatedores

Foram convidados para o encontro:
O presidente de Furnas, Luiz Carlos Ciocchi; o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior; representante do Coletivo Nacional dos Eletricitários, Wellington Araújo Diniz; representante do Sinergia Campinas/SP, Wilson Marques de Almeida; representante da Federação Nacional dos Urbanitários; representante da Associação dos Contratados e Ex Contratados e Prestadores de Serviços em Furnas Centrais Elétricas; representante do Ministério Público do Trabalho; e representante da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho.

Última atualização por Rafael Borges - 09/12/2019 - 8:20

Os 7 pecados capitais do investidor na Bolsa