Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Com lucro 12% menor no trimestre, ações da São Martinho operam em queda

13/08/2019 - 12:35
O lucro ajustado antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda ajustado) somou R$ 348,4 milhões no trimestre (Imagem: Vídeo institucional da São Martinho)

Por Investing.com – A São Martinho (SMTO3) reportou nesta segunda-feira um lucro líquido de R$ 91,5 milhões no primeiro trimestre da safra 2019/20, um recuo de 12% em relação a igual período da temporada passada. Com isso, as ações da companhia são negociadas com queda de 0,39% a R$ 20,49.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda ajustado) somou R$ 348,4 milhões no trimestre, uma retração de 13% ante os primeiros três meses da safra 2018/19.

A empresa do setor sucroalcooleiro processou 9 milhões de toneladas de cana no período, queda de 4,9% na comparação anual, após um início de safra mais chuvoso neste ano.

A São Martinho disse ainda que, após a colheita total das áreas afetadas por geadas em julho, não vê impactos à moagem inicialmente prevista para o ano.

A São Martinho reforçou seu “guidance” operacional divulgado anteriormente, no qual estima uma moagem de 22 milhões de toneladas de cana em 2019/20, com um crescimento de cerca de 5% no volume de produtos equivalente em ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) em relação à safra passada, em linha com os cenários de mix de produção do guidance.

O mix de produção de cana para o etanol no trimestre foi de 59%, mas o nível é menor que o registrado no mesmo momento da temporada passada, quando 66% da matéria-prima foi usada a produção do biocombustível.

A produção de açúcar somou 436 mil toneladas, alta de 7,3% no ano a ano, enquanto a de etanol totalizou 382 milhões de litros, queda de 21,5%.

Para o Banco do Brasil Investimentos, a São Martinho apresentou resultados fracos no 2T19, com queda de 13% no EBITDA, maior CPV caixa e SG&A possuem impactos mais relevantes do que os efeitos positivos, como a maior produtividade e o forte desempenho do etanol.

A equipe do banco espera que as vendas futuras de açúcar adiadas neste trimestre compensem os menores volumes deste trimestre no ano completo de 2020.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O BB-BI mantém o preço alvo em R$ 26,0/ação para final do ano, com recomendação Outperform, já que segue otimista tanto para a safra 2019/20 quanto para a empresa no longo prazo.

Última atualização por Diana Cheng - 13/08/2019 - 12:35