Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Com exterior negativo, futuros do Ibovespa abrem a quinta-feira com perdas

Investing.com Brasil - 23/05/2019 - 9:21
Às 9h20min desta quinta-feira, o futuro do Ibovespa caia o,72%

Por Investing.com

Na abertura da sessão desta quinta-feira, o índice futuro do Ibovespa opera com queda de 0,72% aos 94.095 pontos. Mais uma vez, a queda de braço entre Estados Unidos e China contamina o mercado, que ainda segue atento aos mercado local e as negociações no Congresso em votações importantes para o governo.

As 5 principais notícias do mercado internacional desta quinta-feira

Continua depois da publicidade

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão da Casa na noite de quarta-feira sem concluir a votação da Medida Provisória 870, que modifica a estrutura do governo e reduz o número de ministérios, após acirramento das tensões no plenário entre parlamentares governistas e o chamado centrão.

Confira as principais notícias dos jornais desta quinta-feira

O índice de blue-chips da China caiu para a mínima de fechamento de três meses nesta quinta-feira, quando investidores descartaram ações de tecnologia em meio a preocupações de que um crescente número de empresas chinesas pode sofrer o golpe da intensificação da guerra comercial com os Estados Unidos.

Na quarta-feira, a Reuters informou que o governo dos EUA está avaliando sanções como as da Huawei para a empresa de vigilância por vídeo devido ao tratamento do país a sua minoria muçulmana Uighur.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,62%, a 21.151 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,58%, a 27.267 pontos. Em XANGAI, o índice SSECperdeu 1,36%, a 2.852 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,79%, a 3.583 pontos.

Na Europa, os principais mercados de ações do continente têm um dia de desvalorização. Em Frankfurt, o DAX cede 1,45% aos 11.991 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE perde 1,18% aos 7.248 pontos. Já em Paris, o CAC vai 1,49% aos 5.298 pontos.

Commodities

Mais uma vez, a sessão desta quinta-feira foi marcada por uma nova valorização do preço dos contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com data de vencimento em setembro deste ano teve ganhos de 0,90%, a 728,50 iuanes para cada tonelada, o que representa uma variação diária de 6,50 iuanes.

Commodity registrou alta de 0,90% (Wikimedia Commons)

Por outro lado, no caso do vergalhão de aço que tem seus papéis transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa cidade de Xangai, a jornada foi marcada por queda nos preços. O contrato de maior volume de negócios, com entrega no próximo mês de outubro, caiu 24 iuanes para 3.881 iuanes por tonelada. Já o segundo mais negociado, de janeiro de 2020, perdeu 28 iuaens para 3.586 iuanes por tonelada do produto.

Para o petróleo, a quinta-feira também se mostra negativa. O barril do tipo WTI, negociado na bolsa de Nova York, tem queda de 1,66%, ou US$ 1,02 a US$ 60,40. Já o Brent, de Londres, cai 1,75%, ou US$ 1,24, a US$ 69,75.

Mercado Corporativo

A Natura (NATU3) anunciou nesta quarta-feira acordo para compra da norte-americana Avon numa transação com troca de ações que deve criar o quarto maior grupo de beleza do mundo.

Pelos termos do acordo, a Natura vai deter 76% dos negócios combinados com mais de 10 bilhões de dólares em receita anual, informou a empresa brasileira.

Pelos termos do acordo, a Natura vai deter 76% dos negócios combinados com mais de 10 bilhões de dólares (Imagem Divulgação Natura)

Após a Natura entrar em lojas de varejo de alto nível com as aquisições da Aesop, em 2013, e da The Body Shop, em 2017, a compra da maior rival em vendas diretas é uma aposta renovada no core business da empresa de distribuição porta-a-porta.

O Brasil é o maior mercado da Avon, representando quase um quarto das vendas, mas o negócio aqui sofreu nos últimos anos devido à fraca economia e à forte concorrência da Natura.

O Senado aprovou nesta quarta-feira a medida provisória que autoriza a participação de até 100 por cento do capital estrangeiro em companhias aéreas e o texto irá agora à sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Aprovada na Câmara na véspera, a MP perderia a validade se não tivesse sua tramitação concluída nesta quarta pelo Congresso.

O texto que irá à sanção do presidente inclui a retomada da franquia mínima de bagagem no transporte aéreo doméstico e internacional de até 23kg nas aeronaves a partir de 31 assentos sem cobrança adicional. Essa era a mesma franquia existente à época em que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) editou resolução permitindo a cobrança.

A Petrobras (PETR4) informou nesta quarta-feira que seu conselho de administração aprovou o modelo de venda adicional de sua participação na BR Distribuidora (BRDT3), a ser conduzida por meio de uma oferta pública secundária de ações, em importante etapa de seu plano de desinvestimentos.

Após a oferta, a participação remanescente da Petrobras no capital social da BR será inferior a 50%, disse a empresa em fato relevante, confirmando sinalização anterior de um executivo da estatal.

A Petrobras informou nesta quarta-feira que seu conselho de administração aprovou o modelo de venda adicional de sua participação na BR Distribuidora (Imagem: Site da Empresa)

A Petrobras, que detém 71,25 por cento do BR, maior distribuidora de combustíveis do país, poderia levantar cerca de 6 bilhões de reais se vendesse uma fatia superior a 21,25 por cento na companhia, considerando com valor de mercado da empresa, de 27,3 bilhões de reais.

O valor levantado pode ser ainda maior se a empresa levar adiante um plano de reduzir a participação na BR para até 40 por cento, conforme afirmou uma fonte com conhecimento do assunto à Reuters anteriormente.

As regras do mercado de energia do Brasil ficarão mais rigorosas em 2020, em uma tentativa de aumentar a segurança das operações após problemas financeiros de algumas comercializadoras de eletricidade neste ano, disseram dirigentes da Agência Nacional de Energia Elétrica e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nesta quarta-feira.

Entre as mudanças previstas para entrar em vigor a partir de janeiro que vem está a implementação de uma chamada semanal de margem junto aos agentes que operam no setor, o que visa permitir um ajuste de posições antes da liquidação financeira das transações, que acontece em base mensal.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse nesta quarta-feira que concedeu à espanhola Air Europa licença preliminar para abrir uma subsidiária para operar rotas domésticas no país, sendo a primeira aérea estrangeira a receber tal autorização.

A Anac concedeu a permissão sob um decreto temporário assinado em dezembro passado, que deve se tornar lei permanente após uma votação no Senado. O decreto permite elevar, de 20% para 100% a propriedade estrangeira de aéreas no país.

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, afirmou nesta quarta-feira que o Congresso Nacional necessariamente deve aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para que o governo possa pagar a Petrobras e eventualmente dividir com Estados e municípios os recursos levantados com o leilão de excedente do pré-sal.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em entrevista à imprensa, Rodrigues pontuou que isso é necessário para que o governo siga cumprindo a regra do teto de gastos. O prazo para o envio dessa PEC é o “quanto antes”, acrescentou o secretário, expressando otimismo quanto a sua aprovação pelos parlamentares.

Questionado se o leilão da cessão onerosa poderia ocorrer sem essa definição no Congresso, ele respondeu que “tecnicamente, dá para fazer o leilão sem aprovação (da PEC), mas isso não entra no cenário de trabalho” do governo.

A Adyen está entrando no mercado físico de adquirência no Brasil, como parte da campanha global da empresa holandesa para ampliar a rede de clientes e as vendas, movimento que acirra ainda mais a competição no já disputado mercado doméstico de meios eletrônicos de pagamentos.

A ofensiva mostra a Adyen, especializada em comércio eletrônico e dona de uma carteira de clientes globais como Netflix (NASDAQ:NFLX), Facebook, eBay e Uber (NYSE:UBER), indo na contramão da maioria das processadoras no país, que entraram primeiro no varejo físico para depois entrar no online.

Agenda de Autoridades

O presidente Jair Bolsonaro inicia a quinta-feira participando de um café da manhã com jornalistas. Em seguida, se reúne com Paulo Guedes, Ministro de Estado da Economia; Michael Manley, Presidente Mundial da FCA Fiat Chrysler Automobiles; John Elkann, Presidente do Conselho de Administração do Grupo FCA Fiat Chrysler Automobiles, e Antonio Filosa, Presidente da Fiat Chrysler Automobiles para América Latina.

Na parte da tarde, viaja para a cidade paranaense de Capanema, para a cerimônia de Inauguração da usina hidrelétrica de Baixo Iguaçu, voltando ao final do dia para Brasília.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, acompanha o presidente Jair Bolsonaro em audiência com Michael Manley, presidente mundial da Fiat Chrysler, almoçando em seguida com o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Na parte da tarde, Guedes estará presente na posse do presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alfredo Cotait Neto, se reunindo em seguida com o governador de São Paulo, João Doria

O dia chega ao fim com uma reunião com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e dirigentes empresariais.

Leia mais sobre: Ibovespa, Mercados
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você