Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Cidades da China são as mais vigiadas do mundo, revela pesquisa

Diana Cheng - 16/08/2019 - 17:00
A previsão para 2022 é de que o número de câmeras de segurança na China chegue a 626 milhões (Imagem: Giulia Marchi/Bloomberg)

Chongqing, Shenzhen, Shanghai, Tianjin e Ji’nan, todas localizadas na China, são as cinco cidades mais monitoradas do mundo, de acordo com uma análise realizada por pesquisadores da Comparitech. Na primeira região citada, por exemplo, existem 168,03 câmeras de vigilância para cada mil pessoas.

Ao todo, são aproximadamente 200 milhões de câmeras CCTV (Circuito Fechado de Televisão) espalhados no país asiático. A previsão para 2022 é de que o número chegue a 626 milhões, aumento de 213%.

“A China é uma apoiadora fervente do sistema de reconhecimento facial”, comenta a Comparitech. “É usado com frequência para restringir a liberdade de ir e vir de indivíduos vinculada ao sistema de crédito social do país”. Se uma pessoa, portanto, estiver com crédito muito baixo, ela pode ser barrada de usar certos tipos de transporte público.

Apesar da grande participação de cidades chinesas na lista, certas regiões dos Estados Unidos, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, Austrália e Índia também se destacam pela quantidade de câmeras CCTV.

Londres ocupa a sexta posição como cidade mais vigiada do mundo, tendo 68,40 câmeras para cada mil pessoas. Em Atlanta, a proporção é de 15,56 a cada mil.




A Comparitech também comparou a quantidade de câmeras CCTV públicas com os índices de crime e de segurança divulgados pelo Numbeo. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que ter mais câmeras não significa necessariamente que as pessoas se sentem mais seguras.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Diana Cheng - 16/08/2019 - 17:05