Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

China pede para EUA não abrir “caixa de Pandora” no Oriente Médio

Valter Outeiro da Silveira - 18/06/2019 - 7:27
Diplomata pede parcimônia de Washington na questão geopolítica (Pixabay)

O diplomata chinês Wang Yi afirmou nesta terça-feira (18) que os EUA não pode “abrir uma caixa de Pandora” no Oriente Médio.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em entrevista na capital Pequim após reunião com o ministro das Relações Exteriores da Síria Walid al-Moualem, Wang Yi ressaltou a sobriedade na questão geopolítica com o Irã, conforme apurado pela reportagem da Reuters.

EUA e China não deverão fechar acordo no G20, diz secretário do comércio

“Apelamos a todos os lados para que permaneçam racionais e exerçam contenção, e não tomem medidas que irritem as tensões regionais , no sentido de abrir uma caixa de Pandora”, afirmou Wang Yi.

Small Caps: Tudo o que você precisa saber

Sobriedade

Além disso, o diplomata chinês pediu maior parcimônia a Washington. “Em particular, o lado norte-americano deve alterar seus métodos de extrema pressão”, disse Wang.

“Qualquer comportamento unilateral não tem base no direito internacional. Não só não resolverá o problema, apenas criará uma crise ainda maior ”, completou.

O secretário da Defesa dos EUA Patrick Shanahan anunciou o envio de cerca de 1.000 soldados ao Oriente Médio, em meio à crescente escalada geopolítica na região após os ataques aos navios petroleiros.

Leia mais sobre: China, EUA, Internacional, Irã, Oriente Médio

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 18/06/2019 - 9:27