Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

China pede para EUA não abrir “caixa de Pandora” no Oriente Médio

Valter Outeiro da Silveira - 18/06/2019 - 7:27
Diplomata pede parcimônia de Washington na questão geopolítica (Pixabay)

O diplomata chinês Wang Yi afirmou nesta terça-feira (18) que os EUA não pode “abrir uma caixa de Pandora” no Oriente Médio.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Em entrevista na capital Pequim após reunião com o ministro das Relações Exteriores da Síria Walid al-Moualem, Wang Yi ressaltou a sobriedade na questão geopolítica com o Irã, conforme apurado pela reportagem da Reuters.

EUA e China não deverão fechar acordo no G20, diz secretário do comércio

Continua depois da publicidade

“Apelamos a todos os lados para que permaneçam racionais e exerçam contenção, e não tomem medidas que irritem as tensões regionais , no sentido de abrir uma caixa de Pandora”, afirmou Wang Yi.

Small Caps: Tudo o que você precisa saber

Sobriedade

Além disso, o diplomata chinês pediu maior parcimônia a Washington. “Em particular, o lado norte-americano deve alterar seus métodos de extrema pressão”, disse Wang.

“Qualquer comportamento unilateral não tem base no direito internacional. Não só não resolverá o problema, apenas criará uma crise ainda maior ”, completou.

O secretário da Defesa dos EUA Patrick Shanahan anunciou o envio de cerca de 1.000 soldados ao Oriente Médio, em meio à crescente escalada geopolítica na região após os ataques aos navios petroleiros.

Leia mais sobre: China, EUA, Internacional, Irã, Oriente Médio

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 18/06/2019 - 9:27