Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

China a um passo de se tornar maior mercado de aviação civil do mundo

Marcel Salim - 18/05/2019 - 22:10
Novo mega-aeroporto em Pequim será aberto em setembro:  espaço deve receber 100 milhões de passageiros por ano (Divulgação: Beijing Daxing International Airport)

A China registrou um rápido e contínuo crescimento na indústria de aviação civil, com a frota de transporte comercial chegando a 3.639 aeronaves até o final de 2018, segundo estatísticas divulgadas pelas autoridades locais de aviação civil.

O número foi 343 a mais que no final de 2017, revelou o mais recente boletim estatístico de desenvolvimento da indústria de aviação civil publicado pela Administração de Aviação Civil da China (CAAC, na sigla em inglês).

Em 2018, as companhias aéreas chinesas realizaram 11,53 milhões de horas de voo, um aumento de 8,9 % em termos anuais.

Continua depois da publicidade

Entre eles, 9,34 milhões de horas de voos foram feitas nas rotas aéreas domésticas, um salto de 8,4% ante o ano anterior. Mais de 2,19 milhões de horas de voo foram feitas nas rotas internacionais, um aumento anual de 10,8%.

A China é atualmente o segundo maior mercado de aviação civil do mundo. Espera-se que se torne o maior do mundo em meados da década de 2020, de acordo com as previsões da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês).

Novo aeroporto em 2019

A capital chinesa vai ganhar mais um mega-aeroporto. Batizado de Daxing, ele será o maior terminal aeroportuário em um prédio só. Vai se espalhar por um milhão de metros quadrados e terá dois andares para chegadas e partidas.

Com previsão de inauguração para setembro, deve receber 100 milhões de passageiros por ano. O acesso será facilitado por uma linha de trem que conectará o aeroporto com outras cidades e pela ligação do terminal com o metrô de Pequim.

 

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você