Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

China bloqueia acesso ao explorador de blocos Etherscan

04/12/2019 - 11:33
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
China Bandeira
China bloqueou o acesso ao explorador de blocos Etherscan porque houve compartilhamento de artigos na plataforma que passaram fora do escopo de vigilância do país (Imagem: Unsplash/Alejandro Luengo)

O firewall da China bloqueou o acesso ao Etherscan, o explorador de blocos preferido de Ethereum, para endereços de IP do país. A mudança passou despercebida no início, apesar de evidências sugerirem que isso aconteceu em setembro de 2019.

Enquanto o motivo do bloqueio ainda parece incerto, alguns relatórios afirmam que antes os usuários utilizavam o blockchain da Ethereum para compartilhar alguns artigos censurados pelo governo chinês, que podem ser lidos usando exploradores de bloco como o Etherscan.

Nesse momento, outros exploradores de bloco continuam acessíveis “na metrópole chinesa”.

Etherscan permite que você explore e busque transações, endereços, tokens, preços, entre outros, no blockchain da Ethereum (Imagem: Etherscan)

Apesar do ímpeto da China em adotar a tecnologia de blockchain, o bloqueio do acesso ao Etherscan é um sinal evidente de que o país não está tão otimista sobre criptoativos e suas qualidades relacionadas, em particular sobre a resistência à censura.

O governo chinês é conhecido por censurar informações, logo uma comunicação resistente à censura e plataformas de transação são antiéticas a essa estratégia. A China também pode estar tentando desviar a atenção de outras redes já que planeja lançar a CBDC, sua moeda digital, no ano que vem.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

O empenho em bloquear o firewall aos exploradores de bloco é fútil. No entanto, qualquer usuário pode acessar as informações de um “chain” ao iniciar um nó.

Qualquer futuro ímpeto de proibição de exploradores de bloco podem fazer com que os usuários executem seus próprios nós, o que forneceria um benefício geral para a maioria das redes, incluindo a Ethereum.

O contra-argumento é que o problema de estado de crescimento da Ethereum está tornando a auto-hospedagem em uma prática crescentemente difícil, um problema que pode levar os usuários a migrar para redes adversárias.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 02/01/2020 - 16:05