Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Cenário mais provável para a Avianca é a falência, diz Bradesco

Diana Cheng - 25/06/2019 - 14:46
A Anac suspendeu preventivamente a licença para operação da companhia por ter descumprido a cláusula que obriga a manutenção de seus equipamentos (Imagem: Divulgação/Facebook da GRU Airport)

O cenário mais provável para a Avianca no Brasil é a falência, de acordo com a Bradesco Corretora. O comentário de Victor Mizusaki e Flávia Meireles, analistas do banco, foi publicado nesta terça-feira (25).

Na última sexta-feira (21), a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu preventivamente a licença para operação da companhia por ter descumprido a cláusula que obriga a manutenção de seus equipamentos.

A Anac já havia suspendido, no dia 24 de maio, o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo por razões de segurança operacional.

Continua depois da publicidade

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Outra decisão tomada pela agência foi a redistribuição dos slots que deixaram de ser operados pela Avianca nos aeroportos de Guarulhos (GRU), Santos Dumont (SDU) e Recife (REC). Sobre o Aeroporto de Congonhas (CGH), haverá uma audiência pública para discutir a regra de distribuição dos slots.

Mizusaki ressalta a possibilidade do leilão de 10 de julho não acontecer e diz que “a redução de capacidade da Avianca e um melhor ambiente de preços têm beneficiado todas as companhias aéreas nos últimos meses”.

O analista acredita que Gol (GOLL4), Azul (AZUL4) e Latam seriam as principais beneficiárias da redistribuição de slots.

“O regulador também poderia propor mudanças nas regras de distribuição de slots em aeroportos restritos para favorecer os recém-chegados e estimular a competição”, destaca Mizusaki.

A Passaredo, então, passaria a ser considerada novata e teria acesso a 50% das vagas da Avianca em Congonhas, enquanto os outros 50% seriam divididos igualmente entre Gol, Azul e Latam.

Última atualização por Diana Cheng - 25/06/2019 - 15:43