Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Casa Branca questiona papel da FDA em controle do tabagismo

Bloomberg - 08/11/2019 - 16:53
Joe Grogan, chefe do Conselho de Política Doméstica da Casa Branca, considera a regulamentação do tabaco pela FDA “uma enorme perda de tempo” (Imagem: Pixels)

Regulamentar o tabagismo é uma perda de tempo para a FDA, agência responsável pela supervisão de fármacos e alimentos nos Estados Unidos, disse uma importante autoridade da Casa Branca, enquanto o governo Donald Trump se prepara para anunciar novas medidas destinadas a reduzir o aumento alarmante de vaping de nicotina por adolescentes.

Joe Grogan, chefe do Conselho de Política Doméstica da Casa Branca, considera a regulamentação do tabaco pela FDA “uma enorme perda de tempo” e disse que a agência deveria se concentrar na aprovação e no monitoramento de novos medicamentos.

O presidente Trump defende o aumento da idade mínima para comprar cigarros eletrônicos e dispositivos vape para 21 anos. Ele também disse que preservar empregos é um fator importante, um sinal de que as novas medidas podem incluir algum tipo de isenção para as lojas de cigarros eletrônicos.

“Estamos falando sobre idade, estamos falando sobre sabores, também estamos falando sobre como manter as pessoas trabalhando, e há alguns aspectos muito bons”, disse Trump a repórteres. “Estamos muito perto de um relatório final e o apresentaremos na próxima semana.”

Lei do tabaco

A FDA recebeu autoridade para regulamentar o tabaco sob uma lei abrangente de 2009 que fez amplas mudanças na maneira como os cigarros são vendidos e comercializados.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A Lei de Prevenção e Controle do Tabagismo proibiu amplamente as máquinas de venda automática de cigarros, o patrocínio de esportes e outros eventos, e criou mais alertas para os produtos. Os cigarros provocam mais de 400 mil mortes por ano e são considerados uma das principais causas mundiais de doenças e mortes evitáveis.

De acordo com a Pesquisa Nacional sobre Tabagismo Juvenil de 2019, cerca de 4,1 milhões de estudantes do ensino médio terão usado produtos vaping em algum momento este ano.

Última atualização por Renan Dantas - 08/11/2019 - 16:53