Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Burger King: Whopper de plantas surpreende e BofA Merrill Lynch eleva estimativas

Gustavo Kahil - 05/10/2019 - 11:15
Burger King
O banco viu uma grande aceitação do mercado para o novo tipo de hambúrguer (Imagem: Facebook do Burger King)

O Bank of America Merill Lynch melhorou as projeções para a dona da marca Burger King e gestora de mais de 18 mil restaurantes, Restaurant Brands International (QSR), após identificar uma forte aceitação dos hambúrgueres feitos com base em plantas nos EUA, mostra um relatório enviado a clientes e obtido pelo Money Times.

“Estamos elevando nossas expectativas de vendas no modelo mesmas lojas (abertas há no mínimo 12 meses) no terceiro trimestre para o Burger King nos EUA, devido em grande parte às melhores expectativas após o lançamento nacional do Impossible Whopper, que ocorreu em 8 de agosto”, explicam os analistas Bryan D. Spillane, Gregory R. Francfort, Isabella Simonato, Peter T. Galbo e Morgan Fletcher.

Expectativa de crescimento das vendas aumentou após o lançamento do “Impossible Whopper”

Fontes: Relatórios das empresas e estimativas do BofA Merrill Lynch Global Research

O documento ressalta que o produto já havia sido testado em abril em St. Louis com uma recepção de mercado “muito forte”. Com isso, as vendas projetadas para a rede Burger King devem subir de um crescimento de 0,5% no segundo trimestre de 2019 para 5,5%.

Burger King
No Brasil, o hambúrguer é produzido pela Marfrig (Imagem: Facebook do Burger King Brasil)

Brasil

Por aqui, o Impossible tem o nome de Rebel e começou a ser vendido em uma unidade da rede Burger King (BKBR3) em São Paulo no início de setembro, estendendo para o Estado inteiro (75 lojas) no dia 10 do mesmo mês. Já em novembro a novidade estará em todo o País. O preço estipulado é de R$ 29,90.

O produto é produzido pela Marfrig (MRFG3em parceria com a norte-americana Archer Daniels Midland.

“A ADM será responsável pelo fornecimento e produção das matérias-primas utilizadas no processo, enquanto a Marfrig produzirá, venderá e distribuirá os produtos para serviços de alimentos e varejistas. O Burger King começará a vender os hambúrgueres da Marfrig em todo o país em novembro, enquanto a Marfrig deve começar a exportar o produto para o Japão, Argentina e EUA no curto prazo”, pontua o Merrill Lynch.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Gustavo Kahil - 05/10/2019 - 4:06