Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

BTG reitera recomendação de compra e preço-alvo a R$ 58 para as ações da Suzano

Investing.com Brasil - 14/09/2018 - 12:55

Suzano

Por Investing.com – Após a aprovação da fusão entre a Fibria (FIBR3) e Suzano (SUZB3) pelos acionistas das companhias, o BTG Pactual (BPAC11) reitera a recomendação de compra para o ativo, com preço-alvo em 12 meses de R$ 58,00. Para os analistas, apesar de ser um passo esperado, o aval das assembleias representa um risco a menos para a consolidação da operação.

As ações da Suzano operam em queda de 0,50% para R$ 51,51, enquanto Fibria soma 0,34% a R$ 76,98.

Agora, destaca o BTG em análise enviada a clientes, o próximo passo é aprovação da fusão pelas autoridades antitruste, com destaque para a Comissão Europeia e para o Cade. No caso brasileiro, o conselho está recebendo pareceres das partes interessadas, com prazo para decisão em fevereiro do ano que vem.

Na CE, o BTG espera a aprovação seja anuncia em breve, uma vez que há menos controvérsias a serem discutidas.

O relatório assinado por Leonardo Gomes e Gerrdad Roure aponta que as ações da Fibria são negociadas com um desconto de 1,8% em relação ao seu valor teórico, o que mostra uma menor preocupação dos investidores do que há algumas semanas. A visão dos analistas é que a fusão deve ser aprovada sem que os termos sejam alterados.

A equipe do BTG mantém a posição de que o negócio vai representar uma mudança para o setor, concedendo ainda mais poder de precificação e um potencial de disciplina de oferta sem precedentes na indústria. Eles entendem que a Suzano detém o melhor perfil FCF e está posicionada para se beneficiar amplamente do ponto ideal que o setor se encontra.

Para os analistas, a empresa está negociando abaixo de 5,0xEV/EBITDA 19 (ex-sinergias) e entregas de rendimentos de FCF de dois dígitos em 2019.

 
Últimas Notícias